1 evento ao vivo

Em jogo épico, Flu faz 5 a 4 no Grêmio e segue na briga pelo título

16 nov 2011
22h26
atualizado em 17/11/2011 às 00h42

O Fluminense sofreu mais do que o esperado para conseguir três pontos nesta quarta-feira contra o Grêmio, no Engenhão, em duelo válido pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. Em jogo com nove gols e três viradas, a equipe tricolor contou com a inspiração do atacante Fred, que balançou as redes quatro vezes, e conseguiu um importante triunfo por 5 a 4 para seguir na briga pelo título da competição.

O Grêmio chegou a ter a vantagem no marcador no Rio de Janeiro quando fez 1 a 0 e, depois, 2 a 1 ainda no primeiro tempo. Os anfitriões buscaram a virada com 3 a 2, mas sofreram um "apagão" e viram os gaúchos alcançarem o 4 a 3, com dois gols em menos de um minuto. A recuperação do Flu também não demorou: Fred marcou duas vezes e garantiu o triunfo dos comandados de Abel Braga.

Após a derrota em casa para o então lanterna América-MG por 2 a 1 na última rodada, o Fluminense somou três preciosos pontos contra os gaúchos graças aos quatro gols de Fred e um de Rafael Sobis e chegou aos 59. A equipe, assim, defendeu a terceira colocação, mas seguiu a cinco pontos do líder Corinthians. Já o Grêmio, que balançou as redes com Rafael Marques, Marquinhos, Brandão e Adilson, seguiu estagnado na 11ª posição da tabela, com 47 pontos.

As duas equipes voltam a campo no final de semana, para a 36ª e antepenúltima rodada. O Grêmio retorna a Porto Alegre para receber o Ceará no Estádio Olímpico, às 19h (de Brasília) de sábado, enquanto o Fluminense embarca para Florianópolis, onde encara o Figueirense no domingo, às 19h, no Estádio Orlando Scarpelli.

Falhas e domínio do Grêmio

Mesmo sem aspirações no Brasileiro, o Grêmio começou bem o confronto no Rio de Janeiro e contou com uma falha do goleiro Diego Cavalieri para abrir o placar no Engenhão. Aos 16min, o arqueiro tricolor saiu mal na tentativa de cortar um escanteio cobrado por Marquinhos, não alcançou a bola e facilitou para o zagueiro Rafael Marques, que precisou apenas empurrar para as redes.

O Fluminense tentou não se abalar com o gol sofrido e quase reagiu três minutos depois, quando Leandro Euzébio se aventurou no ataque, recebeu na área, dominou e bateu com força para o gol. Victor não alcançou, mas a bola explodiu no travessão, impedindo o empate da equipe mandante.

De tanto insistir, os cariocas comemoraram aos 24min: Marquinho cobrou falta fechada na área, Fred se antecipou à defesa e deu um leve desvio de cabeça, o suficiente para tirar de Victor e decretar a igualdade. Porém, o Fluminense não conseguiu aproveitar o embalo para concretizar a virada e chegou a ter o gol novamente ameaçado, quando Brandão cabeceou no travessão de Cavalieri.

Destemidos, os gaúchos continuaram insistindo para recuperar a vantagem no marcador e marcaram o segundo já aos 45min da etapa inicial. Em cobrança de falta próxima à risca da grande área, Marquinhos jogou por cima da barreira e colocou no canto de Cavalieri, deixando os visitantes novamente à frente.

Reviravoltas e sofrimento

Apesar das dificuldades, o Fluminense se recuperou no início do segundo tempo. Logo aos 7min, Deco fez um ótimo lançamento para Fred que, em posição duvidosa, dominou com habilidade para dentro da área e bateu firme, rasteiro e cruzado, para igualar.

A virada saiu em seguida, aos 16min: Rafael Sobis deu um belo drible em Mário Fernandes na entrada da área e chutou no alto; Victor espalmou mal e permitiu que o atacante, ex-Internacional, deixasse o marcador em 3 a 2.

Em vez de administrar o resultado no Engenhão, entretanto, o Fluminense acabou sofrendo uma pane e permitiu que os visitantes marcassem duas vezes em um curto intervalo de tempo. Brandão se posicionou bem nas costas da defesa carioca e, sozinho, cabeceou cruzado aos 29min para fazer 3 a 3. No minuto seguinte, Adilson teve liberdade na região da meia-lua para bater colocado, fora do alcance de Cavalieri, e recolocar os gremistas na frente.

Fred, porém, não desanimou e encheu a partida de emoção. O camisa 9 anotou o terceiro gol dele aos 33min, de pênalti, após a arbitragem sinalizar falta de Adilson em Carlinhos dentro da área. Aos 36min, o artilheiro fez seu quarto e decretou a sofrida vitória tricolor, recebendo bola dentro da área, dominando e chutando fora do alcance de Victor.

O gol de Fred causou a revolta dos gremistas, que pediram falta em Brandão na jogada. O atacante da equipe gaúcha, por reclamação, acabou expulso e minou a reação dos visitantes. Antes do apito final, o artilheiro da noite quase marcou o quinto dele já nos acréscimos, mas acertou o travessão.

Ficha técnica

FLUMINENSE 5 x 4 GRÊMIO

Gols
FLUMINENSE:
Fred, aos 24min do 1º tempo; aos 7min, aos 33min e aos 36min do 2º tempo; Rafael Sobis, aos 16min do 2º tempo
GRÊMIO:
Rafael Marques, aos 16min, e Marquinhos, aos 45min do 1º tempo; Brandão, aos 29min, e Adilson, aos 30min do 2º tempo

FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Mariano, Elivélton, Leandro Euzébio e Carlinhos; Diguinho, Valencia, Deco (Souza) e Marquinho (Matheus Carvalho); Rafael Sobis (Rafael Moura) e Fred
Treinador: Abel Braga

GRÊMIO: Victor; Mário Fernandes, Gilberto Silva (Saimon), Rafael Marques e Gabriel; Fernando, Adilson, Douglas, Marquinhos (Leandro) e Lúcio (Ezequiel Miralles); Brandão
Treinador: Celso Roth

Cartões amarelos
FLUMINENSE: Matheus Carvalho
GRÊMIO: Marquinhos, Rafael Marques, Fernando e Lúcio

Cartão vermelho
GRÊMIO: Brandão

Árbitro
Francisco Carlos Nascimento (AL)

Local
Estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ)








Fonte: Terra

compartilhe

publicidade
publicidade