1 evento ao vivo

Em noite de homenagens, Corinthians bate Vitória no sufoco

23 jul 2009
22h58
atualizado em 24/7/2009 às 00h30

Depois de abrir uma boa vantagem nos primeiros 30 minutos, o Corinthians teve de suar mais uma vez para sair de campo com os três pontos e passar pelo Vitória, por 2 a 1, no Estádio do Pacaembu. A partida contou com homenagens de Dentinho e Elias a Lulinha e André Santos, que foram negociados com clubes europeus. Os dois jogadores levantaram uma camisa com o nome dos ex-companheiros após o primeiro gol alvinegro, marcado por Dentinho.

» Veja fotos da partida
» ESPN: veja tombo bizarro de Ronaldo no Pacaembu
» Receba os gols do seu time pelo celular
» Veja a classificação atualizada
» Confira a tabela completa
» Comente o resultado do jogo

O time alvinegro passou pela terceira vez por um sufoco em sua casa depois de abrir vantagem no placar. O mesmo aconteceu contra o Fluminense, quando ganhava por 3 a 0 e deixou o time tricolor fazer dois gols, e contra o Sport, quando vencia por 2 a 0 e sofreu um empate, sendo salvo por um gol de Moradei no final da partida.

Nesta quinta-feira, quem segurou a vitória sobre os baianos foi o goleiro Felipe, que teve uma atuação impecável e decisiva na segunda etapa.

Com o resultado, o Corinthians entrou no G-4, com 23 pontos ganhos, e está a apenas dois pontos do rival Palmeiras, vice-líder e próximo adversário do time de Mano Menezes. Já o Vitória caiu para a sexta colocação, com 21 pontos.

Depois de um começo bastante disputado, com boas chances para os dois lados, o Corinthians abriu o placar em uma bela jogada aos 21min. Dentinho recebeu de Ronaldo na grande área, dominou no peito e, de primeira, finalizou cruzado, sem chances para Viáfara.

O Vitória não se intimidou e quase igualou o marcador aos 29min. Em falta cobrada para a área paulista e Leandro apareceu sozinho para finalizar forte. Felipe fez grande defesa.

No contra-ataque, o Corinthians ampliou o placar aos 30min. Douglas recebeu pelo meio e deixou Jean frente a frente com Viáfara. O zagueiro tocou com categoria para o fundo das redes.

Depois do gol, o Corinthians diminuiu o ritmo e viu o Vitória diminuir a desvantagem aos 42min. Apodi recebeu de Leandro na grande área e tocou na saída de Felipe.

No segundo tempo, brilhou a estrela do goleiro Felipe, que fez quatro grandes defesas e garantiu mais uma vitória do Corinthians, que entra de vez na briga pelo título brasileiro.

FICHA TÉCNICA

Corinthians 2 x 1 Vitória

Gols
Corinthians: Dentinho, aos 21min, e Jean, aos 30min do 1º tempo
Vitória: Apodi, aos 42min do 1º tempo

Polêmica
- Aos 29min do segundo tempo, Diogo chutou a bola para trás e Felipe segurou com as mãos dentro da área. O árbitro marcou falta em dois lances para o Vitória, alegando recuo de bola para muita reclamação do goleiro corintiano

Lances bizarros
- Aos 15min, atacante Ronaldo escorrega feio antes de cobrar a falta e não consegue chutar a bola
- Aos 27min, Anderson Martins tenta dar um chutão para frente e acaba acertando o companheiro Uelliton, dando escanteio de graça para o Corinthians

Ponto Forte do Corinthians
Eficiente início de jogo, criando boas jogadas e explorando bem o contra-ataque

Ponto Fraco do Corinthians
Queda de rendimento na segunda etapa, que permitiu que o Vitória crescesse na partida e quase ameaçasse o resultado positivo dos alvinegros

Ponto Forte do Vitória
Jogadas pelas laterais, principalmente pelo lado direito com Apodi

Ponto Fraco do Vitória
Vacilos defensivos no início do jogo, deixando espaços para os atacantes corintianos aparecerem cara a cara com Viáfara

Personagem do jogo
Goleiros Felipe e Viáfara, que fizeram grandes defesas na partida

Esquema Tático do Corinthians
4-4-2
Felipe; Diogo, Chicão, Jean e Diego; Jucilei, Elias e Douglas (Moradei); Dentinho (Marcinho), Morais (Jorge Henrique) e Ronaldo
Técnico: Mano Menezes

Esquema Tático do Vitória
3-5-2
Viáfara; Wallace, Victor Ramos e Anderson Martins; Apodi (Ramon) Uelliton, Magal (Itacaré), Leandro Domingues e Leandro; Willian (Bida) e Roger
Técnico: Paulo César Carpegiani

Cartões Amarelos
Corinthians: Felipe, Dentinho e Elias
Vitória: Wallace, Victor Ramos, Anderson Martins e Magal

Árbitro
Nielson Nogueira Dias (PE)

Público
23.600 pagantes

Renda
R$ 790.664,50







Fonte: Terra
publicidade