0
Logo do Brasileiro Série A
Foto: terra

Brasileiro Série A

Em tom de despedida, Dagoberto rechaça mágoa pelo São Paulo

23 nov 2011
15h50
atualizado às 16h41
  • separator
  • comentários
Rodrigo Marin
Direto de São Paulo

Dagoberto ainda é jogador do São Paulo, mas os boatos que apontam a iminente saída dele do clube paulista ganharam ainda mais força nesta quarta-feira. O atacante, que participava do lançamento de uma chuteira nova de sua patrocinadora, no Museu do Futebol, no Estádio do Pacaembu, disse que não guarda nenhum tipo de mágoa da atual equipe, mas deixou no ar que o futuro para 2012 não será no Morumbi.

"Não há mágoa, pelo contrário. É muita admiração pelo São Paulo, e foi muito intenso, tudo o que você vive ali dentro é muito bacana, a torcida e tudo. E é por isso que só vou me pronunciar depois do campeonato", disse o atacante sobre o futuro.

Nome forte para reforçar o elenco do Inter na próxima temporada, Dagoberto se negou a dar quaisquer tipo de declarações que indicassem que poderia se tornar atleta do clube do Beira-Rio, e citou que o bom momento vivido em 2011 o colocou em evidência para estudar a melhor alternativa para seguir com a carreira.

"O momento é muito favorável, eu agradeço a Deus por um ano tão favorável. Esse ano os números mostram. Estou com 18 assistências, 22 gols. Conversa tem muita coisa, mas eu estou pensando muito nos meus filhos, e no momento certo todos vão saber", explicou.

Além de responder sobre o destino, o jogador também falou do presente. Com o São Paulo em sétimo, apenas um ponto atrás do Figueirense, quinto e último a conquistar uma vaga na próxima edição da Copa Libertadores, o atacante confia que o time do Morumbi ainda pode conseguir um lugar na competição, da qual é tricampeão.

"Sobre as nossas pretensões, temos chances. Demos algumas bobeiras que lá na frente você vai ver o quão grande é a dificuldade de recuperar, mas é buscar as vitórias, que nos mantemos com chances. Eu sei que a concorrência é grande, mas o São Paulo vai brigar até o final", apostou.

Na reta final do Campeonato Brasileiro, o São Paulo precisa vencer os dois clássicos que ainda restam (Palmeiras e Santos) e torcer por ao menos um tropeço de Flamengo e Figueirense, concorrentes diretos pela vaga na competição sul-americana.

Dagoberto indicou que não deve permanecer, mas se disse focado para ajudar o São Paulo a ir à Libertadores
Dagoberto indicou que não deve permanecer, mas se disse focado para ajudar o São Paulo a ir à Libertadores
Foto: Rodrigo Marin / Terra
Terra

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade