PUBLICIDADE

Fernandinho não deve jogar mais no Barueri, diz presidente

11 ago 2009 - 17h51
Publicidade

Um dos principais jogadores do Campeonato Brasileiro após 18 rodadas, o atacante Fernandinho dificilmente permanece no Barueri. O contrato com o clube paulista acaba nesta terça-feira e, de acordo com o presidente Walter Sanchez, a tendência é que o jogador não permaneça.

» Saiba por que o Barueri tem time com prazo de validade
» Estevam Soares assume o Botafogo
» Em alta, Fernandinho mira clube de ponta e Seleção
» Receba os gols do seu time pelo celular

"Nós temos metade dos direitos dele e acertamos para comprar a outra metade, de forma parcelada. Acontece que o contrato conosco acaba hoje, mas no Iraty vai até 2012", explicou ao Terra.

"Só que ele pede um valor irreal para renovar. Um salário que não podemos pagar, luvas que não podemos pagar. A única solução é vendê-lo, temos duas propostas de fora. Mas ele pede muito dinheiro para permanecer. Está complicado", diz.

A partir desta terça, Fernandinho não tem mais vínculo com o Barueri e, portanto, não jogará pelo clube até que a situação seja resolvida. "Ele está praticamente fora do jogo de domingo (contra o Atlético-PR, em Curitiba). Ou fica, ou vai para o exterior. Senão vai jogar pelo Iraty", diz Walter Sanchez.

Até o momento, Fernandinho já realizou 15 partidas pela Série A e, portanto, não pode mais defender outra equipe além do Barueri.

Contrato de Fernandinho expira nesta terça; jogador dificilmente permanece no Barueri
Contrato de Fernandinho expira nesta terça; jogador dificilmente permanece no Barueri
Foto: Rodrigo Coca/Foto Arena / Gazeta Press
Fonte: Terra
Publicidade