2 eventos ao vivo

Goiás goleia Flu e crise aumenta nas Laranjeiras

18 jul 2009
20h23
atualizado às 23h08

Se o Fluminense vivia um momento turbulento até este sábado, agora o clima é de crise. Diante do Goiás, no Maracanã, o time carioca abriu o placar, mas cedeu a virada e acabou goleado por 4 a 1, enfurecendo os poucos torcedores que foram vê-lo jogar e que, neste início de Série A de Campeonato Brasileiro, só comemoraram duas vitórias em 12 confrontos.

» Fotos de Fluminense x Goiás
» Veja a classificação atualizada
» Confira a tabela e os resultados
» Comente a goleada do Goiás

O resultado deixou o Fluminense com 10 pontos ganhos e com o risco de fechar a rodada na lanterna da Série A, caso o Náutico vença o Barueri neste domingo, fora de casa. Já o Goiás saltou aos 17 pontos e se aproximou da zona de classificação para a Libertadores do ano que vem.

Com Fred suspenso, Kieza assumiu a camisa 9 do Fluminense e, ao lado de Conca, foi quem levou mais perigo ao Goiás no primeiro tempo. Já o time visitante apostou nos contra-ataques para surpreender, mas falhou em suas finalizações.

No segundo tempo, o Fluminense foi para cima do Goiás e abriu o placar com um minuto de jogo, em um belo gol de Ruy. O empate do Goiás, porém, não demorou a vir: aos 14min, Ramalho pegou uma sobra de bola e deixou tudo igual.

Quando o 1 a 1 já era lamentado pelos torcedores do Fluminense, o Goiás tratou de colocar mais lenha na fogueira. Aos 17min, em cobrança de falta ensaiada, Felipe rolou para Júlio César, o lateral esquerdo chutou rasteiro, a bola desviou em João Paulo e entrou no canto esquerdo de Ricardo Berna.

Diante de um rival desestruturado no ataque e, principalmente, na defesa, o Goiás fez o terceiro com Felipe, aos 25min, em um chute de fora da área. O tento esmeraldino foi o que faltava para o Fluminense ouvir os gritos de "time sem vergonha".

Ainda deu tempo para o Goiás transformar sua vitória em goleada e deixar a torcida do Fluminense ainda mais irada. Aos 34min, Felipe chutou cruzado, Ricardo Berna - um dos mais vaiados - rebateu para o lado e Iarley completou.

Os dois times só voltam a campo pela Série A do Brasileiro no meio de semana. O Fluminense terá pela frente a sensação Atlético-MG, quinta-feira, às 21h (de Brasília), no Mineirão, e o Goiás buscará a reabilitação diante do Palmeiras, quarta-feira, às 21h50, no Serra Dourada.

Ficha técnica:

Gols
Fluminense: Ruy, a 1min do 2º tempo
Goiás: Ramalho, Júlio César, Felipe e Iarley, aos 14min, 17min, 25min e 34min do 2º tempo

Polêmicas
- Irritada com os gols do Goiás, a torcida do Fluminense passou a gritar "vergonha, time sem vergonha" para a equipe carioca. No final, gritos de "olé" embalaram os toques de bola dos jogadores do Goiás

Ponto Forte do Fluminense
Tentativas ofensivas de Conca e Kieza

Ponto Forte do Goiás
Contra-ataque rápido e frieza para virar o placar

Ponto Fraco do Fluminense
Desestruturação após o gol de empate do Goiás

Ponto Fraco do Goiás
Falta de pontaria em alguns lances ofensivos

Personagem do jogo
Felipe, que fez um gol e participou de outro, marcado por Júlio César

Destaque negativo do jogo
Leandro Amaral, que jogou mal e ainda foi bastante vaiado pelos torcedores

Esquema Tático Fluminense
4-4-2
Ricardo Berna; Diogo (Carlos Eduardo), Cássio, Luiz Alberto e João Paulo; Wellington Monteiro, Marquinho (Tartá), Ruy e Conca; Leandro Amaral (Maicon) e Kieza. Técnico: Vinícius Eutrópio

Esquema Tático Goiás
3-5-2
Harlei; Ernando, Leandro Euzébio e Valmir; Vítor, Amaral, Ramalho, Felipe Menezes (João Paulo) e Júlio César; Felipe (Bruno Meneghel) e Iarley (Zé Carlos). Técnico: Hélio dos Anjos

Cartões Amarelos
Fluminense: Luiz Alberto, Marquinho e Ruy
Goiás: Leandro Euzébio, Valmir e Felipe

Árbitro
Rodrigo Martins Cintra




Fonte: Terra
publicidade