1 evento ao vivo

"Gordinho", Walter reage a decepções no Porto e Cruzeiro e se firma no Goiás

9 ago 2013
07h25
atualizado às 07h25
  • separator
  • 0
  • comentários

Destaque do Goiás no Campeonato Brasileiro, o atacante Walter, 24 anos, está em evidência por dois motivos: as boas atuações e a forma física. O jogador está visivelmente acima do peso, mas entende que tem que ser avaliado por sua produtividade em campo. Nesse aspecto, Walter tem correspondido plenamente desde que desembarcou em Goiânia para ser jogador do Goiás.

<p>Walter marcou dois gols contra o N&aacute;utico na &uacute;ltima quarta-feira</p>
Walter marcou dois gols contra o Náutico na última quarta-feira
Foto: Carlos Costa / Futura Press

Walter chegou ao clube esmeraldino ainda no ano passado depois de uma passagem discreta pelo Cruzeiro. Antes, havia despontado como grande promessa do Internacional em 2008, mas a irregularidade em campo e problemas disciplinares fizeram com que o atacante se firmasse apenas em 2010, quando foi vendido ao Porto. Retornou em 2012 emprestado e busca no Goiás voltar ao protagonismo.

E aos poucos tem conseguido. O atacante disputou a Série B e foi o artilheiro do Goiás na competição com 16 gols em 28 jogos. Mas Walter não se notabilizou apenas pelos gols marcados, ele também ataca de “garçom” e participa dos gols com assistências. Na Série B, foram cinco passes para gol e com isso participou diretamente de 21 dos 75 gols marcados.

A regularidade e a importância do jogador para o sistema ofensivo esmeraldino ficaram mais acentuadas nesta temporada. Walter disputou 29 jogos e participou de 28 gols, com 19 marcados e ainda outras nove assistências.

No Campeonato Brasileiro, o Goiás não tem um ataque tão positivo, foram apenas 11 gols em 12 jogos. Destes, mais da metade contou com participação direta de Walter. Com os dois gols feitos sobre o Náutico, Walter soma quatro gols e duas assistências nesta Série A.

Ao todo, Walter fez 35 gols em 57 jogos, isso dá a ele uma média de 0,61 por jogo. Se considerar as assistências, a média se aproxima de um gol por jogo (35 gols e 14 assistências em 57 jogos). O jogador quer ser cobrado por seu desempenho em campo e não por causa de sua constante “briga” com a balança.

“Sempre venho falando, muita gente sempre toca no mesmo assunto. Já deu, já acabou! É aquilo que eu falo, o mais importante é fazer gols, a torcida precisa de gols, o time precisa. O mais importante é que eu tenho a confiança do treinador e do grupo”, frisou.

<p>Walter est&aacute; acima do peso, mas tem mostrado oportunismo</p>
Walter está acima do peso, mas tem mostrado oportunismo
Foto: Carlos Costa / Futura Press

Com passagens por Internacional, Porto-POR e Cruzeiro, Walter experimenta a sua fase mais artilheira da carreira. O atacante ressaltou o bom momento que está vivendo e espera fazer mais gols pelo Goiás.

“Onde eu passei não fiz tantos gols assim. O ‘professor’ me conhece, até estávamos comentando que eu não sou jogador de fazer tantos gols. As coisas estão brilhando aqui, estão saindo naturalmente e espera fazer mais gols ainda para entrar na história do Goiás”, projetou.

Walter está no Goiás por empréstimo junto ao Porto-POR e seu vínculo com o time esmeraldino termina no fim desta temporada. O jogador sempre ressalta que gosta do clube e tem o desejo de ficar por mais tempo.

Fonte: MEI João Paulo Bezerra Di Medeiros - Especial para o Terra MEI João Paulo Bezerra Di Medeiros - Especial para o Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade