1 evento ao vivo

Grêmio marca no final e impede quebra de jejum do Palmeiras

13 nov 2011
18h51
atualizado às 22h27
  • separator

O Palmeiras ficou a poucos segundos de comemorar a segunda vitória pelo returno do Campeonato Brasileiro. Na tarde deste domingo, o clube de Palestra Itália liderou a partida desde o início, mas ficou apenas no empate por 2 a 2 com o Grêmio ao sofrer a igualdade no último lance, depois de um lindo chute de Fernando. O jejum de resultados positivos do time de Luiz Felipe Scolari aumentou para nove encontros

Com apenas uma vitória na metade final da Série A, o Palmeiras soma 42 pontos na competição, a quatro rodadas do fim. Já o Grêmio tem 47 pontos no nacional.

Apesar de mandar o jogo no Estádio Olímpico, o Grêmio não se comportou como um verdadeiro dono da casa durante a primeira etapa. Lento e sem criatividade ofensiva, o time gaúcho se prendeu com facilidade à marcação palmeirense e ainda viu o adversário abrir o marcador. Aos 25min, Tinga cruzou na medida para Ricardo Bueno desviar de cabeça e exigir uma excelente intervenção de Victor. No rebote, entretanto, Cicinho dominou e finalizou para o gol.

Bem armado, o Palmeiras seguiu dominando a partida também na segunda etapa. Logo aos 14min, o clube alviverde aumentou a contagem com Marcos Assunção, depois de cobrança de falta. Melhor em campo, o time alviverde acabou sofrendo apenas uma ameaça. Aos 24min, Brandão, aproveitando grande jogada da revelação Leandro, diminuiu o marcador e animou o time, que chegou ao empate com Fernando, no último lance.

Depois de perder a oportunidade de vencer no Brasileiro após oito rodadas, o Palmeiras voltará a campo para participar diretamente da definição do campeão nacional. Na próxima quarta-feira, às 21h50 (de Brasília), o clube recebe o Vasco. Por sua vez, o Grêmio também terá pela frente um candidato ao título: encara na mesma data, mas às 20h30, o Fluminense, no Engenhão.

O jogo

Dono de uma das piores campanhas do returno do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras entrou em campo para enfrentar o Grêmio neste domingo modificado. Desfalcado, o clube de Palestra Itália conseguiu segurar o ímpeto do adversário gaúcho no início do confronto. Bem postado defensivamente, o visitante não permitiu ao rival criar jogadas ofensivas, concentrando o foco do sistema no meia Douglas.

Lento, o Grêmio pecou na criação ofensiva e tornou o jogo favorável ao adversário. Armado com o objetivo de contra-atacar, o Palmeiras aos poucos se soltou e ameaçou a defesa mandante. Entretanto, o pressionado time paulista acumulava erros de passe perto da área gaúcha, falha que fez o goleiro Victor trabalhar pouco no início do confronto.

Na primeira oportunidade que o Palmeiras encaixou uma bela jogada, abriu o marcador. Cicinho fez grande jogada pela direita e rolou para Tinga, que cruzou na medida para Ricardo Bueno. O centroavante desviou de cabeça, com estilo, e exigiu uma grande defesa do goleiro Victor. Entretanto, para frustração do gremista, o lateral direito palmeirense, responsável por iniciar a trama, finalizou no rebote para abrir o marcador.

A vantagem no placar trouxe a tranquilidade necessária para o Palmeiras trabalhar até o final da primeira etapa. Pouco criativo e lento, o Grêmio, em contrapartida, passou o tempo inicial praticamente inteiro sem exigir uma defesa do goleiro Deola.

A postura madura do Palmeiras se manteve durante a segunda etapa. Logo aos 6min, Luan quase aumentou a diferença no marcador. O camisa 11 roubou a bola no meio-campo, invadiu a área, deu um lindo drible em Gilberto Silva e finalizou para fora.

Seguro na defesa, o time alviverde até se soltou mais durante a etapa complementar. A ousadia acabou premiada, no entanto, justamente na principal jogada da equipe na temporada: a bola parada. Aos 14min, Marcos Assunção cobrou falta da entrada da área e contou com o desvio de Gilberto Silva para ludibriar Victor. Gol que aumentou ainda mais a tranquilidade paulista.

Com dois gols de desvantagem, o Grêmio, enfim, acelerou o ritmo. Com a entrada do jovem Leandro no campo de ataque, o time gaúcho melhorou e conseguiu se aproximar da meta adversária. Aos 23min, a revelação gremista arrancou pela esquerda e tocou para Brandão. O centroavante arrematou com precisão no canto direito de Deola e diminuiu o marcador no Olímpico.

O tento assinalado pelo experiente atacante animou o Grêmio, que buscou pressionar na parte final do encontro. E, para azar do Palmeiras, a má fase novamente atacou. Praticamente no último lance da partida, o volante Fernando acertou um lindo chute de fora da área e igualou o marcador nos segundos derradeiros.

FICHA TÉCNICA

GRÊMIO 2 x 2 PALMEIRAS

Gols:

GRÊMIO: Brandão, aos 23min do 2º tempo; e Fernando, aos 46 min do 2º tempo

PALMEIRAS: Cicinho, aos 25min do 1º tempo; Marcos Assunção, aos 14min do segundo tempo.

GRÊMIO: Victor; Mário Fernandes, Gilberto Silva, Rafael Marques e Julio César; Fábio Rochemback, Fernando, Adilson (Leandro), Douglas e Escudero (Brandão); Miralles.
Técnico: Celso Roth.

PALMEIRAS: Deola; Cicinho, Leandro Amaro, Thiago Heleno e Gerley; Marcos Assunção, Márcio Araújo, Tinga, Patrik e Luan; Ricardo Bueno (Fernandão).
Técnico: Luiz Felipe Scolari.

Cartões Amarelos
GRÊMIO: Fábio Rochemback e Fernando
PALMEIRAS: Tinga, Márcio Araújo, Ricardo Bueno, Gerley e Luan

Árbitro
Edivaldo Elias da Silva (PR)

Local
Estádio Olímpico, em Porto Alegre (RS)

Fonte: Terra
publicidade