PUBLICIDADE

Homenageado, Adriano desfalca festa da CBF e é ironizado por ator

7 dez 2009 23h32
| atualizado em 8/12/2009 às 00h43
Publicidade

Uma das presenças mais esperadas na noite de festa da Confederação Brasileira de Futebol, nesta segunda-feira, no Rio de Janeiro, o atacante Adriano não compareceu à cerimônia do Prêmio Craque Brasileirão 2009. Campeão com o Flamengo, vencedor do prêmio de melhor centroavante e também homenageado pelos 19 gols marcados na competição, que lhes deram o título de artilheiro, ao lado do atleticano Diego Tardelli, o camisa 10 da Gávea foi a grande ausência da noite e não escapou das ironias do apresentador, o ator Marcello Anthony.

» Veja as fotos da premiação da CBF no Rio
» Campeão, Fla emplaca só 3 na seleção do Brasileiro
» Ronaldo está um patamar acima do Adriano, diz Andrés
» Bruno faz lobby por Andrade e "vê" vida sem Adriano
» Opine: você concorda com a escolha da CBF?

Ao anunciar o vencedor da categoria melhor centroavante, o comandante da cerimônia, ao lado de Tony Ramos, comunicou que o destaque do Flamengo não pôde ir à festa, informando que o troféu será entregue em outra ocasião. No entanto, não deixou de cutucar o artilheiro por suas famosas saídas à noite. "O Adriano certamente está comemorando o título em algum lugar da cidade", brincou, arrancando risos da platéia.

Em seguida, Antony tentou amenizar a piada e disse que o jogador "merece comemorar". Já nesta segunda, no prêmio Bola de Prata, concedido pela revista Placar em parceria com a ESPN, Adriano faltou à cerimônia em que faturou três prêmios (artilheiro, melhor atacante e melhor jogador). Segundo seu empresário Gilmar Rinaldi, a ausência se deve a um churrasco que participou na Vila Cruzeiro, bairro onde cresceu no Rio de Janeiro. No domingo, na festa oficial do Flamengo realizada no casa de show Plataforma, Zona Sul da cidade, também não apareceu para comandar uma comemoração particular em sua casa.

As ausências dos indicados não ocorreu apenas por parte de Adriano. Na mesma categoria, dos candidatos ao troféu, apenas o atacante Iarley subiu ao palco, já que Ronaldo e Adriano faltaram. E por ironia, o representante do Goiás ficou com a terceira posição, em saia-justa no palco que foi rapidamente compreendida pela plateia, que cantou o nome do jogador. Outros desfalques na cerimônia foram Chicão (Corinthians), Marcos (Palmeiras) e Fred (Fluminense).

Técnico de Adriano, Andrade recebe prêmio das mãos de Dunga após título brasileiro com o Fla
Técnico de Adriano, Andrade recebe prêmio das mãos de Dunga após título brasileiro com o Fla
Foto: Agência Lance
Fonte: Terra
Publicidade