0
Logo do Brasileiro Série A
Foto: terra

Brasileiro Série A

Joel culpa até a imprensa por resultado adverso contra Inter

26 mai 2012
22h00
atualizado às 22h12

Após o empate do Flamengo com o Internacional, quando o time vencia por 3 a 1 e deixou o adversário buscar o resultado, o técnico do time rubro-negro, Joel Santana, disse que o time jogou bem, mas que o resultado foi "amargo". O treinador defendeu seus atletas e chegou a atacar a imprensa.

» Veja o guia e saiba tudo sobre os times do Brasileiro 2012
» Veja opções de jogadores para o seu time repatriar no Brasileiro

"Aqui no Brasil, só o que importa é o resultado, e não o desempenho. Se nós tivéssemos vencido, amanhã eu teria nota 7. Claro que amanhã eu vou ter que ler nos jornais que não mexi bem e tirei nota 4. Fizemos uma boa partida, mas no final tivemos um resultado amargo", disse.

Joel ainda, teve dificuldades para explicar a razão de o time mais uma vez ceder o empate, após estar com boa vantagem. "É difícil você explicar. É uma equipe tão madura, com Léo Moura, Kleberson, Love, Ibson, Ronaldinho. Você colocar a vantagem e então não parar, esfriar o jogo, levar na boa, não dar facilidade para o adversário chegar perto da área, definir a marcação, não ceder o contra-ataque. É tudo experiência de jogo", disse.

O treinador também ressaltou que esta não foi uma partida comum. "O jogo foi atípico. Tivemos o domínio, com diversas oportunidades para ampliar o placar. Principalmente no primeiro tempo, quando tivemos movimentação constante no meio campo", disse.

Por fim, o treinador do Flamengo disse que o time precisa ter pegada até o final, para que a situação não se repita. "Tem que ter uma batida até o final do jogo. Parecia que estava ganho, mas contra uma equipe desse porte tem que matar. No segundo tempo eles foram três vezes para o ataque e entraram duas. E daí bate o desespero".

O Flamengo empatou e Joel criticou a imprensa
O Flamengo empatou e Joel criticou a imprensa
Foto: Alexandre Loureiro/VIPCOMM / Divulgação
Fonte: Terra

compartilhe

publicidade
publicidade