3 eventos ao vivo

Jurídico gremista espera denúncia do STJD e trabalha defesa de Zé Roberto

16 jul 2013
13h10
atualizado às 14h16
  • separator
  • 0
  • comentários

A procuradoria do Superior Tribunal de Justiça Desportiva requisitou as imagens do lance que originou a fratura no tornozelo do lateral direito Lucas, do Botafogo, após uma dividida com o meio-campista Zé Roberto. A ideia dos procuradores é de oferecer denúncia contra o veterano atleta do Grêmio, o que pode gerar uma suspensão de 1 a 6 jogos, caso ele venha a ser punido.

Botafoguense Lucas se lesionou após entrada de Zé Roberto e ainda não tem previsão de retorno
Botafoguense Lucas se lesionou após entrada de Zé Roberto e ainda não tem previsão de retorno
Foto: Edu Andrade/Fatopress / Gazeta Press

Mesmo com a denúncia não tendo sido efetivada pela procuradoria do STJD, o departamento jurídico gremista já está elaborando a defesa de Zé Roberto. "O departamento jurídico do Grêmio realizou uma reunião de aproximadamente duas horas com o Zé Roberto, estamos nos mobilizando", disse Rui Costa, executivo de futebol gremista.

"Falamos com os profissionais do Botafogo que estavam no jogo, porque quem conhece o Zé Roberto sabe que ele é um profissional de conduta inatacável e jamais teria a intenção de lesionar um colega. Tenho certeza que o tribunal vai reconhecer isto, mas o Grêmio já está trabalhando e o Zé Roberto está ciente do que vamos fazer", concluiu o cartola.

Zé Roberto admite que ficou surpreso com a fatalidade do lance e fez questão de conversar com o lateral do Botafogo. "Eu fiz questão de ligar, e não só para o Lucas, mas também para o médico do Botafogo para perguntar por que também fiquei chateado. É um companheiro de profissão. São 21 anos de carreira profissional, eu jamais lesionei um companheiro, sempre as minhas jogadas foram leais e infelizmente acabou acontecendo comigo", disse o veterano atleta gremista.

<p>Meia Zé Roberto afirmou que em 21 anos de carreira nunca tinha lesionado um rival em uma entrada e disse que não é desleal</p>
Meia Zé Roberto afirmou que em 21 anos de carreira nunca tinha lesionado um rival em uma entrada e disse que não é desleal
Foto: Itamar Aguiar/Grêmio / Divulgação

"Foi uma jogada normal e eu usei um recurso que costumo utilizar nos jogos, que é um carrinho que eu costumo visar à bola, é um carrinho de lado", completou. Na época em que atuava na Alemanha, Zé Roberto sofreu uma lesão semelhante a de Lucas, do Botafogo.

"Em 2009 aconteceu comigo uma jogada assim. Futebol é um esporte de contato e acabou acontecendo comigo. Eu tive uma lesão no tornozelo direito e acabei passando por uma cirurgia, mas é algo que acontece no futebol. Eu fiquei chateado e surpreso, mas claro que com a consciência tranquila, todos me conhecem e sabe que sou um atleta que nunca teve nenhum problema de entrada com maldade ou algo neste sentido, mas fiquei chateado pelo que aconteceu com a lesão do Lucas", destacou Zé Roberto.

Fonte: Cristiano Leonardo S. da Silva Jornalismo - Especial para o Terra Cristiano Leonardo S. da Silva Jornalismo - Especial para o Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade