0

L. Fabiano faz 2, São Paulo vence após 56 dias e complica Avaí

12 nov 2011
20h52
atualizado às 22h16

Nove jogos depois, o São Paulo sabe mais uma vez o que é vencer no Campeonato Brasileiro. Neste sábado, no Morumbi, pela 34ª rodada, a equipe paulista derrotou o Avaí por 2 a 0 e pôs fim ao longo jejum de triunfos. A última vitória havia ocorrido em 17 de setembro, a goleada por 4 a 0 sobre o Ceará. Os gols foram marcados por Luís Fabiano, seus primeiros tentos no torneio - desde seu retorno, o centroavante já havia marcado na Copa Sul-Americana, contra o Libertad.

Distante da briga pelo título, o São Paulo vislumbra um retorno à disputa por uma vaga à Copa Libertadores. Com 53 pontos, o time tricolor é o sétimo, com dois a menos que o Botafogo, primeira equipe na zona de classificação à competição sul-americana. O Avaí, por sua vez, cai para a lanterna, com 29 pontos.

Na próxima rodada, na quarta-feira, o São Paulo visita o Atlético-PR na Arena da Baixada às 20h30. Já o Avaí recebe na Ressacada o Cruzeiro, em duelo importante na luta contra o rebaixamento. A partida ocorre às 21h50.

O jogo

Contando com o retorno de Rogério Ceni, ausente por duas partidas devido a dores no tornozelo esquerdo, o São Paulo novamente contou com Cícero na ala esquerda - Juan nem no banco ficou. Na defesa, Xandão ganhou chance no lugar de João Filipe, enquanto Jean foi titular substituindo Piris (na seleção paraguaia).

Em um primeiro de baixíssimo nível técnico, foi o Avaí que construiu as melhores chances de gol. A equipe catarinense pressionava a saída de bola são-paulina e dominava a partida. Quando conseguia sair da marcação adversária, o time da casa falhava na chegada ao ataque devido a erros de passe.

Aos 15min, Pedro Ken cabeceou após escanteio cobrado por Fernandinho e Rogério Ceni fez defesa milagrosa, tirando a bola quando esta estava para cruzar a linha. Este foi o melhor lance do primeiro tempo, que viu o futebol ruim retomar a partida.

Os badalados Lucas, Dagoberto e Luís Fabiano não conseguiam produzir jogadas ofensivas. O camisa 9 arriscou chutes à distância e pouco ameaçou o goleiro Felipe. Aos 38min, Dagoberto foi lançado na ponta direita e, ao tentar cruzar, tropeçou e caiu no gramado. Ao intervalo, o São Paulo deixou o gramado sob vaias.

Segundo tempo

Para a etapa complementar, Emerson Leão sacou o zagueiro Luiz Eduardo e lançou Fernandinho, que deu novo fôlego ao ataque são-paulino. O camisa 12 criou oportunidades pela esquerda, mas sem arrematar ao gol. O marasmo, porém, voltou ao jogo, e durou até os 13min.

Neste momento, quando a torcida já vaiava o time, Lucas fez jogada individual pela esquerda, caiu na área e a bola sobrou para Luís Fabiano. O camisa 9 girou sobre a marcação, fuzilou o gol do Avaí e o goleiro Felipe aceitou. Com a vantagem, Leão fez mais substituições, trocando Carlinhos Paraíba e Dagoberto por Denilson e Willian José.

Aos 19min, mais um gol do São Paulo. Cícero cruzou pela esquerda, Caçapa errou no corte e a bola sobrou para Luís Fabiano cabecear no canto direito por cima do goleiro Felipe. Animado, o time da casa melhorou e ficou perto do terceiro aos 23min, em falta cobrada por Jean que o arqueiro do Avaí espalmou.

O Avaí teve sua melhor chance no segundo tempo aos 26min, em cabeçada de Pedro Ken que acertou o travessão. No rebote, o meio-campista buscou a finalização, mas foi travado pela marcação são-paulina. O time catarinense continuou pressionando nos minutos seguintes, enquanto o São Paulo apostou no contra-ataque.

Ficha técnica

SÃO PAULO 2 x 0 AVAÍ

Gols
SÃO PAULO:
Luís Fabiano, aos 12min e a aos 19min do 2º tempo

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Xandão, Rhodolfo e Luiz Eduardo (Fernandinho); Jean, Wellington, Lucas, Carlinhos Paraíba (Denilson) e Cícero; Dagoberto (Willian José) e Luís Fabiano
Treinador: Emerson Leão

AVAÍ: Felipe; Daniel (Diego), Caçapa, Gian e Fernandinho; Bruno, Junior Urso (Marcos Paulo), Pedro Ken e Lincoln (Fabinho); Robinho e Caíque
Treinador: Toninho Cecílio

Cartões amarelos
SÃO PAULO: Luiz Eduardo, Fernandinho, Wellington, Lucas, Dagoberto e Luís Fabiano
AVAÍ: Daniel, Fernandinho, Bruno e Robinho

Árbitro
André Luiz de Freitas Castro (GO)

Local
Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)





Fonte: Terra

compartilhe

publicidade
publicidade