PUBLICIDADE
Logo do

Corinthians

Favoritar Time

Lateral "encostado" pode custar até R$ 3 milhões ao Corinthians

14 set 2009 - 16h48
(atualizado às 18h47)
Publicidade

Apresentado pelo Corinthians no dia 30 de maio de 2008, o lateral direito Denis, ex-jogador do Santos, fez oito partidas com a camisa do clube desde então. Mas a história do atleta no Parque São Jorge não é apenas essa: com contrato vigente até 31 de agosto de 2011, ele pode custar até R$ 3 milhões aos cofres corintianos.

» Em reunião do Clube dos 13, Corinthians acerta com Edno
» Marcelo Mattos está pronto para estrear pelo Corinthians
» Receba os gols do seu time pelo celular
» Compre e venda ações dos times da Série A no Futex
» Veja as últimas do Corinthians

Desde o início do ano, Denis, 25 anos, se recupera da terceira lesão de joelho em sua curta carreira no futebol. Antes de operar, o lateral havia sido afastado por Mano Menezes em dezembro do último ano e acertou empréstimo ao Avaí. Nos exames de pré-temporada em Santa Catarina, foi constatada a necessidade de mais uma cirurgia.

O contrato de Denis com o Corinthians tem 38 meses de duração - de 1º de junho de 2008 até 31 de agosto de 2011. Segundo o Terra apurou, o jogador ganha de R$ 70 mil a R$ 80 mil mensais e apesar do histórico de lesões antes mesmo de chegar ao Parque São Jorge, seus ordenados não têm nenhuma cláusula de produtividade. No clube catarinense, caso tivesse permanecido, parte do salário seria pago pelos paulista.

Atualmente, segundo disse o Corinthians, Denis está em reta final de recuperação de sua cirurgia no joelho.

Denis, aliás, é mais um dos contratados corintianos nos últimos meses que é agenciado pelo empresário de Mano Menezes, Carlos Leite - o mesmo que levou Cristian, André Santos, Elias, Morais, Eduardo Ramos e Wellington Saci, entre outros, para o Corinthians.

Transferência do Santos para o Corinthians foi polêmica

Até ser confirmado como jogador do Corinthians, Denis viveu uma odisséia e saiu da Vila Belmiro debaixo de críticas de torcedores e diretores. Contratado junto ao Ipatinga em 2006, foi mais um dos jogadores que acionaram o Santos na Justiça.

Na época, Antônio Carlos, que abandonava a carreira de jogador, no Santos, para ser diretor de futebol do Corinthians, chegou a ser criticado por setores do Santos por influenciar o lateral a deixar a Vila Belmiro. Lesionados, ambos os jogadores se tratavam no departamento médico do clube.

No Santos, Denis era tratado como jogador de Seleção Brasileira e potencial fonte de lucro para o clube. O presidente Marcelo Teixeira, publicamente, chegou a dizer em 2006 que o lateral, além do chileno Maldonado, poderiam saldar parte das dívidas santistas, mas ambos saíram de graça.

A primeira lesão de joelho foi em 18 de outubro de 2006. Recuperado, Denis se machucou de novo em 2 de maio do ano seguinte.

Passagem meteórica pelo Corinthians

A história de Denis no Corinthians é muito rápida. Apresentado em 30 de maio, foi estrear com a camisa do clube apenas em 8 de julho. Veio do banco contra o Marília e marcou o quinto gol na vitória por 5 a 0. Depois disso, foram mais sete jogos, sempre na Série B - só três completos. Contra o Paraná Clube, entrou nos instantes finais e foi expulso. O jogador ainda reapareceu na despedida de 2008, contra o América-RN, com os reservas.

Antes da pré-temporada em Itu, no começo de 2009, foi dispensado, junto com Weverton, Nílton, Cássio, Carlos Alberto e Careca.

Com os salários que recebe no Corinthians, Denis, se cumprir o contrato até o fim, deve receber cerca de R$ 3 milhões. O empresário Carlos Leite, procurado pelo Terra, não quis avaliar se o jogador foi bom ou mau negócio para o clube.

Nota oficial

Sem entrar em detalhes sobre os valores, o vice-presidente de futebol do Corinthians, Mário Gobbi, entrou em contato com o Terra, por meio da assessoria de imprensa, e se manifestou sobre o caso Denis. Confira:

"Dênis está mesmo em fase final de recuperação. É um grande atleta exemplar no que tange a sua conduta e tem cumprido com rigor todo o tratamento, tendo uma retomada satisfatória. Depois de recuperado, o atleta será colocado à disposição da comissão técnica e seguirá o planejamento que os profissionais do clube decidirem.

Por fim, mesmo não sendo público o salário de nenhum jogador do elenco corinthiano, é fato que o lateral Dênis tem vencimentos menores que o citado na matéria."

Denis realiza recuperação de cirurgia no joelho: custos em torno de R$ 70 mil mensais
Denis realiza recuperação de cirurgia no joelho: custos em torno de R$ 70 mil mensais
Foto: Gazeta Press
Fonte: Terra
Publicidade