0

Luxemburgo culpa Marcos, Marcão e árbitro por tropeços

11 jun 2009
18h56

Nos planos de Vanderlei Luxemburgo, o Palmeiras já estaria com 12 pontos no Campeonato Brasileiro, atrás apenas do líder Internacional e na zona de classificação para a Libertadores. Segundo o técnico, o projeto só não foi possível porque o árbitro Rodrigo Braghetto ignorou pênalti no 0 a 0 com o São Paulo e Marcos e Marcão erraram nos gols que resultaram em empate por 2 a 2 com o Barueri.

» Luxemburgo faz treino ataque contra defesa
» Palmeiras aumenta valor de ingresso para jogo
» Palmeiras comemora ausência de Kléber
» Veja as últimas do Palmeiras

"Se tivessem marcado o pênalti contra o São Paulo e não tivessem ocorrido falhas individuais naqueles dois gols que sofremos contra o Barueri, estaríamos na segunda colocação", calculou o treinador, respondendo às contestações que tem ouvido. "As críticas estão demasiadamente duras demais. Estamos nas quartas de finais da Libertadores e ainda faltam 33 rodadas para terminar o Brasileiro", apontou.

Apesar das lamentações em relação a resultados positivos que o time desperdiçou, Luxemburgo evita aumentar a pressão sobre seus comandados. Tanto que, apesar de contar com um triunfo neste domingo contra o Cruzeiro por jogar no Palestra Itália, avalia que qualquer placar diante de favoritos ao título é normal.

"Não são estes confrontos diretos que definem o campeonato, porque neles é normal você vencer ou perder fora de casa. O diferencial é ceder o empate depois de abrir 2 a 0 contra o Barueri, que não vai lutar por título", continuou reclamando, contando com recuperação na tabela devido ao equilíbrio na disputa - o time está em sexto lugar com oito pontos.

"As equipes melhoraram porque todas descobriram como jogar nos pontos corridos. Isso é legal. É jogo de pegada o tempo todo. Na Espanha, só tem Barcelona e Real Madrid. Aqui tem 14 times trabalhando bem para ser campeões", enalteceu.

Luxemburgo já elegeu culpados por início abaixo da expectativa no Palmeiras
Luxemburgo já elegeu culpados por início abaixo da expectativa no Palmeiras
Foto: Reinaldo Marques / Terra
Fonte: Gazeta Press
publicidade