0

Luxemburgo quebra silêncio e afirma: "a derrota pertence aos campeões"

21 mai 2013
12h19
atualizado às 14h02
  • separator
  • 0
  • comentários

Após quatro dias da eliminação gremista na Copa Libertadores da América, o técnico Vanderlei Luxemburgo quebrou o silêncio e concedeu entrevista coletiva na manhã desta terça-feira. O principal assunto foi a forte possibilidade da sua demissão, após a eliminação precoce na Libertadores, o que antecederia também um pedido de dirigentes próximos ao presidente Fábio Koff, que estão insatisfeitos com o trabalho de Luxemburgo.

<p>Vanderlei Luxemburgo nunca foi campeão da Libertadores</p>
Vanderlei Luxemburgo nunca foi campeão da Libertadores
Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA / Divulgação

“Isto é normal, uns gostam e outros não gostam. Isso faz parte da cultura do futebol brasileiro. Não é só no Grêmio, em todos os clubes é assim: o resultado não vem, aí estoura no treinador, já estou acostumado com isso. Mas também tem o outro lado: o Corinthians foi eliminado em um ano e no outro ganhou a Libertadores e o Mundial com o mesmo técnico. O Inter, que foi campeão de tudo, quase caiu para segunda divisão e depois ganhou tudo. O Grêmio, com o Felipão, começou perdendo, e o presidente Koff manteve a comissão técnica e depois ganhou tudo. A história do futebol é assim”, destacou Luxemburgo.

O treinador gremista também foi questionado sobre o fato de ter deixado escapar a possibilidade de ganhar uma Libertadores da América, título que falta em seu currículo.

“Tivemos tantos grandes treinadores que não ganharam Libertadores e mesmo assim não deixaram de ser grandes treinadores. Meu contrato é de dois anos com o Grêmio e quem sabe o Grêmio, no ano que vem, não me leva a conquistar a Libertadores”, destacou o técnico gremista.

Segundo Vanderlei Luxemburgo o Grêmio terá que saber tirar lições da eliminação da Libertadores da América e prometeu, que ao contrário de 2012, quando o objetivo era a vaga na Libertadores, o time este ano entra para brigar pelo titulo do Campeonato Brasileiro.

“A derrota pertence aos campeões e eu costumo me agigantar nas derrotas. Pode ter certeza que o Grêmio entra forte no Campeonato Brasileiro e na Copa do Brasil. A minha história é de construir times fortes após as derrotas. O Grêmio tem obrigação de conquistar a Copa do Brasil ou o Brasileiro deste ano para estar na Libertadores do ano que vem”, disse Vanderlei Luxemburgo.

Fonte: Cristiano Leonardo S. da Silva Jornalismo - Especial para o Terra Cristiano Leonardo S. da Silva Jornalismo - Especial para o Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade