Brasileiro Série A

publicidade
11 de julho de 2011 • 08h30 • atualizado às 09h14

Médico diz que exame apresentado por Kleber não tem validade

Kleber apresentou exame de clínica particular para justificar ausência contra o Santos
Foto: Fernando Borges / Terra

Kleber se diz impedido de jogar em função de uma lesão na coxa esquerda, mas o médico do Palmeiras, Otávio Vilhena, declarou que ele estava clinicamente liberado para enfrentar o Santos no domingo. O jogador afirma que realizou um exame em clínica particular que apontou uma contusão no local, mas o médico Joaquim Grava, falando em nome da Comissão Nacional de Médicos de Futebol (CNMF), disse que um diagnóstico fora do clube não tem validade. A declaração foi feita no programa Mesa Redonda, da TV Gazeta.

"Hoje em dia, nós utilizamos a ultrassonografia para fazer avaliação muscular. Esse ultrassom tem que ter feito por um médico especialista que só tem no futebol. Ir a um pronto-socorro fazer exame, só se for baleado ou tiver apendicite", afirmou o consultor médico do Corinthians, que fez questão de ressaltar que se manifestava em nome da CNMF, e não de seu clube.

Palmeiras vence o Santos por 3 a 0Clique no link para iniciar o vídeo
Palmeiras vence o Santos por 3 a 0

Segundo Grava, o jogador tem que ser avaliado dentro das instalações de um time de futebol. "Palmeiras, Corinthians, Santos e São Paulo têm ultrassonografia. É uma avaliação dinâmica. Na ressonância (magnética), você entra e mostra a lesão, só. Ultrassom mostra dinamicamente como está o músculo. Não existe 'dorímetro', não tem um termômetro para dor", disse o médico.

"Existe uma confiabilidade e credibilidade, que é o que temos na Comissão. É a relação médico e atleta. Muitas vezes o que aparece na ressonância não é a verdade, você precisa ter uma confiabilidade", completou Grava.

Kleber não entrou em campo nas últimas três rodadas do Campeonato Brasileiro. Se tivesse jogado alguma dessas partidas, completaria sete jogos pelo Palmeiras na competição e estaria automaticamente impedido de se transferir para outro clube brasileiro. O Flamengo tem mostrado claro interesse no jogador.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva