0

Mesmo sem acerto com Metalist, Jajá não jogará mais pelo Internacional

3 set 2012
12h03
atualizado às 12h57
  • separator
Cristiano Silva
Direto de Porto Alegre

Mesmo sem ter concretizado a sua transferência para o Metalist, da Ucrânia, o meia atacante Jajá não vai mais jogar pelo Internacional. A determinação partiu da própria direção do clube, que não gostou da atitude do jogador, que pediu para deixar a equipe para atuar no Leste europeu.

» Confira como está o mercado da bola no Brasil

"O Jajá não joga mais pelo Inter, ele pediu para a direção uma carta de liberação para negociar com o Metalist, pediu para ir embora e nós liberamos. Como ele está por empréstimo no Inter ele ainda depende da liberação do Al-Ahli, time que tem o vinculo do jogador. Mesmo que esta liberação não venha, o Jajá não joga mais pelo Inter. Nós vamos fazer uma rescisão de contrato e ele fica livre", disse Luciano Davi, vice de futebol do Inter.

Como a janela de transferência do futebol ucraniano está fechada, a única chance do jogador acertar com o Metalist seria em caso de ter o seu contrato rescindido com o Al-Ahli, dos Emirados Unidos - Jajá cumpriu apenas um dos três anos de contrato com o time de Dubai.

Jajá chegou no Beira-Rio no inicio desta temporada e levou quase dois meses para entrar em forma. No total, o jogador fez 30 partidas pelo Internacional, marcando quatro gols. O meia também conquistou o Campeonato Gaúcho de 2012.

Fora de campo o jogador se destacou pelas investidas na noite de Porto Alegre, onde era visto com freqüência nos bares da cidade. Jajá chegou a ser afastado do grupo principal, na época pelo técnico Dorival Júnior, por indisciplina, treinando com o time sub-23 por 15 dias e sendo reintegrado depois ao grupo principal.

Após pedir para ser negociado, dirigente do Internacional diz que Jajá não joga mais pela equipe
Após pedir para ser negociado, dirigente do Internacional diz que Jajá não joga mais pela equipe
Foto: Ramiro Furquim / Gazeta Press
Fonte: Cristiano Leonardo S. da Silva Jornalismo - Especial para o Terra Cristiano Leonardo S. da Silva Jornalismo - Especial para o Terra
publicidade