Brasileiro Série A

publicidade
15 de setembro de 2012 • 21h25 • atualizado às 22h50

Ney Franco se recusa a falar sobre Ganso: "não quero ser mal interpretado"

O técnico são-paulino preferiu não falar a respeito de Ganso
Foto: Ricardo Matsukawa / Terra
 
João Henrique Marques
Direto de São Paulo

Ney Franco não quer falar sobre Paulo Henrique Ganso no São Paulo até que o clube confirme a contratação do meia do Santos. Mesmo com o acordo esperado para ser selado na segunda-feira pelo clube do Morumbi, o treinador são-paulino foi duro ao se negar a tratar sobre o assunto após a vitória por 3 a 1 sobre a Portuguesa, no Morumbi, na noite deste sábado, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro.

» Confira como foi São Paulo 3 x 1 Portuguesa

"Não vou fazer nenhum comentário sobre Paulo Henrique Ganso. Tudo que eu falar pode ser mal interpretado no dia seguinte", argumentou Ney Franco.

A mudança da postura do treinador se deu por conta de críticas recebidas de Muricy Ramalho, o técnico do Santos, após Ney Franco ter destacado recentemente que já imaginava como montar o São Paulo com Ganso no clube.

O São Paulo espera oficializar o acordo com o Santos na segunda-feira. O time do Morumbi já se comprometeu a fazer depósito de cerca de R$ 23 milhões para ficar com os 45% dos direitos econômicos do meia pertencentes ao time alvinegro - o grupo DIS é o detentor dos 55% restantes.

Lancepress!