0

No contra-ataque, Botafogo vence Grêmio fora e cola no líder

22 set 2011
22h28
atualizado em 23/9/2011 às 07h30

Com um jogo a menos do que as outras equipes da ponta da tabela, o Botafogo venceu o Grêmio por 1 a 0, nesta quinta-feira, pela 25ª rodada do Brasileiro, e ganhou força na briga pelo título do torneio. Adotando uma postura defensiva na casa do adversário, a equipe carioca segurou a pressão gaúcha e foi eficiente no contra-ataque, marcando com Loco Abreu em uma das poucas chegadas ofensivas que teve. De quebra, os botafoguenses quebraram um jejum de 16 anos sem vencer no Olímpico.

Com apenas duas vitórias em nove jogos fora de casa até então, o time de Caio Júnior melhora o rendimento como visitante e, aproveitando uma rodada extremamente favorável, está no momento com 44 pontos, na terceira colocação, a dois do líder Vasco - ainda com um jogo adiado contra o Santos, na Vila Belmiro, que será disputado no dia 19 de outubro.

Já o Grêmio termina a rodada na desconfortável 13ª colocação, com 30 pontos, a cinco do Atlético-MG, clube melhor colocado da zona do rebaixamento.

Apesar de dominar as ações durante todo o jogo, o Grêmio não conseguiu converter a superioridade em gols. Defensivo, o Botafogo conseguiu a vitória em uma das raras vezes em que buscou o ataque, aos 20min do segundo tempo, com Loco Abreu.

Os dois times entraram no gramado do Estádio Olímpico com a missão de retomar a boa fase que experimentaram recentemente. O Grêmio, depois de uma série de três vitórias, teve o momento positivo interrompido por uma goleada de 4 a 0 contra o Vasco. O Botafogo, da mesma forma, encerrou uma sequência de cinco vitórias consecutivas sendo massacrado pelo Coritiba, por 5 a 0. Ainda abalado, o time de Caio Júnior empatou clássico com o Flamengo na última rodada e precisava de uma vitória para voltar a ganhar força na briga pelo título.

Os gaúchos começaram o jogo envolvendo o adversário, com mais posse de bola. Faltava, porém, qualidade na hora da definição. O goleiro botafoguense Jefferson, apesar de bastante exigido, não precisou realizar nenhuma grande defesa à medida em que os atacantes rivais chutavam fraco ou sem direção.

Na melhor chance do primeiro tempo, aos 21min, Jefferson pôde apenas torcer para não ser vazado: Rochemback pegou rebote do arqueiro e pegou de primeira, com efeito. A bola passou raspando na trave e saiu.

Aos 33min, o time tricolor chegou com perigo outra vez. Depois de uma ótima jogada pela esquerda, André Lima recebeu de cabeça e escorou para o gol, mas não acertou o alvo.

Apenas aos 43min, o Botafogo finalizou pela primeira vez, quando Elkeson chutou cruzado da meia esquerda, sem assustar Victor.

Embora muito superior durante todo o primeiro tempo, o Grêmio não conseguiu abrir o placar. Na última boa chance antes do intervalo, Douglas chutou na barreira uma cobrança de falta frontal, a dois passos da grande área.

Assumindo claramente uma postura defensiva e tentando preservar jogadores que já tinham cartão amarelo, Caio Júnior realizou duas substituições logo no início da segunda etapa: Lucas e Herrera, já advertidos pelo juiz, deram lugar para Alessandro e Felipe Menezes.

O panorama da partida seguiu o mesmo. O Botafogo se recuava e o Grêmio trocava passes para procurar espaços na retranca adversária, sem sucesso.

Empurrado pela torcida, o time de Celso Roth assumiu a estratégia de chutar de longe. Aos 14min, Fernando encaixou belo chute da intermediária e Jefferson se esticou todo para a defesa.

Após um tempo e meio segurando a pressão gremista, o Botafogo, que praticamente não atacou até então, abriu o placar em um lance de contra-ataque. Aos 20min, Maicosuel fez bela jogada pessoal e rolou para Loco Abreu, que bateu cruzado para o fundo das redes.

A equipe tricolor se lançou ao ataque e criou chances de empatar, mas a defesa segura carioca assegurou os três pontos.

Na próxima rodada, o Botafogo recebe o São Paulo, no Engenhão. Jogando na Ressacada, em Florianópolis, o Grêmio terá o Avaí pela frente.

Ficha técnica

GRÊMIO 0 X 1 BOTAFOGO

Gols
BOTAFOGO:
Loco Abreu, aos 20min do segundo tempo

GRÊMIO: Victor; Mário Fernandes, Rafael Marques, Edcarlos e Bruno Collaço; Fernando (Gilberto Silva), Fábio Rochemback, Marquinhos (Miralles), Douglas e Escudero; André Lima (Brandão)
Técnico: Celso Roth

BOTAFOGO: Jefferson; Lucas (Alessandro), Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Cortês; Lucas Zen, Renato, Elkeson e Maicosuel (Éverton); Herrera (Felipe Menezes) e Loco Abreu
Técnico: Caio Junior

Cartões amarelos
GRÊMIO: Fernando e André Lima
BOTAFOGO:Lucas, Herrera e Jefferson

Árbitro
Alício Pena Júnior (MG)

Renda/Público
R$ 239.410,50/ 17.324 pagantes

Local
Estádio Olímpico, em Porto Alegre (RS)



Fonte: Terra

compartilhe

publicidade