0

Brasileiro Série A

Luxemburgo elogia São Paulo e avisa: "estou aqui para ouvir"

Gilvan de Souza/Flamengo / Divulgação
26 mai 2015
12h35
atualizado às 17h30
  • separator
  • comentários

Durante entrevista coletiva nesta terça-feira, para esclarecer sua saída do Flamengo cerca de doze horas depois do anúncio de sua demissão , o técnico Vanderlei Luxemburgo garantiu que está aberto a estudar novas propostas. Procurado pelo São Paulo há cerca de três semanas , Luxa admitiu que não se arrependeu da primeira recusa, e, tecendo elogios ao clube do Morumbi , mostrou-se disposto a analisar um eventual novo convite.

Flamenguista declarado, o treinador disse que ter ficado na Gávea não é motivo de arrependimento algum. "Não me arrependo de não ter ido pro São Paulo por causa do Flamengo. O São Paulo tem o melhor elenco do Brasil, ninguém tem cinco ou seis jogadores de qualidade como eles e um convite do São Paulo é para envaidecer qualquer pessoa. Estou no mercado e posso ouvir propostas. Se o São Paulo entender que deva fazer outro convite, estou aqui para ouvir e analisar", falou.

Em entrevista de 40 minutos, Vanderlei Luxemburgo destilou ataques e ironias
Em entrevista de 40 minutos, Vanderlei Luxemburgo destilou ataques e ironias
Foto: ERBS JR. / FramePhoto

Apesar de se colocar à disposição, o técnico preferiu esclarecer sua posição e salientar que não está se oferecendo. "Eu estou no mercado, mas não estou me oferecendo a ninguém. O presidente do São Paulo foi fantástico ao tornar público o convite que me foi feito, para acabar com especulações de que treinador é mercenário, que escuta uma proposta e vai para outro canto", explicou o treinador, que também foi alvo de investidas do Internacional no início do ano.

Preisdente do SPFC, Carlos Miguel Aidar tentou contratar Luxa após saída de Muricy
Preisdente do SPFC, Carlos Miguel Aidar tentou contratar Luxa após saída de Muricy
Foto: Fernando Dantas / Gazeta Press

Mesmo afim de seguir o projeto no Flamengo, Luxemburgo foi demitido na noite da última segunda após um começo de Campeonato Brasileiro instável, com duas derrotas e um empate. As diferenças com a cúpula gestora do clube, e sua personalidade forte, que recusa submissão, foram as principais motivações da saída ainda precoce.

Ainda buscando um novo técnico, com especulações sobre o colombiano Juan Carlos Osorio e o português José Peceiro, o São Paulo pode ter mais uma opção para o comando com Luxemburgo à disposição no mercado. O desejo do treinador em trabalhar no clube tricolor paulista é antigo, o que pode facilitar as negociações.

Paulo Miranda elogia Luxemburgo, mas "aceita" estrangeiro

 

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade