Brasileiro Série A

publicidade
13 de setembro de 2012 • 23h52 • atualizado às 00h29

Oswaldo lamenta desfalques, valoriza empate e sonha com título

Oswaldo gostou do empate contra um time como Internacional
Foto: Daniel Ramalho / Terra
 
Marcus Vinicius Pinto
Direto do Rio de Janeiro

O técnico do Botafogo, Oswaldo de Oliveira, disse que seu time segue na briga pelo título do Campeonato Brasileiro. Mesmo após empatar em casa com o Internacional por 1 a 1, o treinador afirmou que a equipe carioca mostrou sua força mesmo tendo muitos desfalques.

"Enfrentamos um time muito consistente, com um poder de marcação muito bom. Se não tivéssemos tantas ausências, talvez as chances de vitória tivessem sido maiores", afirmou.

Um time recheado de garotos que sai perdendo para um time cheio de estrelas é, para Oswaldo, um grande mérito. "Foi um jogo muito equilibrado e quando você vê de um lado entrar o Forlán, melhor jogador de uma Copa do Mundo, e do outro entra um jovem como o Sassá, você pensa o quê? Mas eles resistiram muito bem e o resultado foi justo", contou.

Sobre o possível pênalti não marcado em Elkeson, o técnico preferiu dizer que até de longe ele viu que tinha sido falta, mas que era melhor não comentar. "Vida que segue".

Para o jogo de domingo contra a Ponte Preta, Oswaldo nao terá Elkeson, suspenso pelo terceiro cartão, mas terá a volta de Seedorf, que foi poupado com dores na coxa. Cidinho deverá ser o substituto de Elkeson no ataque.

Lancepress!