Brasileiro Série A

Foto: terra

Para turbinar arena, Palmeiras fecha parceria com gigante mundial

atualizado às 15h11
  • separator
  •  
  • comentários
Dassler Marques
Direto de São Paulo

Principal parceira do Palmeiras na construção da Arena Palestra, estádio que irá substituir o Palestra Itália, a WTorre anunciou nesta quinta-feira, em São Paulo, uma parceria para turbinar os cofres do novo empreendimento. Gigante mundial do setor, a americana AEG será responsável pela gestão do local segundo um contrato válido por 10 anos e renovável por outros 20.

» Paulo Baier = Agostinho? Veja sósias do Brasileiro
» Confira 50 opções de reforços grátis para seu time em 2012

O objetivo claro é fazer da arena palmeirense uma das cinco mais rentáveis do planeta, de acordo com a expectativa de Rogério Dezembro, diretor de novos negócios da WTorre e também ex-responsável pelo marketing do clube alviverde. "É um desafio para a AEG. O futebol é a premissa zero do estádio e eles vão em busca de também preencher o calendário com o maior número possível de atividades", definiu Rogério.

Atraída economicamente pela onda positiva em São Paulo e todo o Brasil, a AEG deve atuar na prospecção de eventos, convenções e shows para que a arena traga mais ganhos ao Palmeiras além da bilheteria das partidas. O grupo, que também opera com outras produtoras, promove eventos próprios e está envolvido, por exemplo, na turnê do cantor canadense Justin Bieber pelo País.

Segundo o acordo entre Palmeiras e WTorre, que custeia toda a construção da Arena Palestra, no máximo 45% dos recursos arrecadados com a realização de shows e demais eventos ficarão com o clube.

A AEG, que não dispôs de qualquer quantia para que o contrato fosse firmado, também será sócia nos negócios que conseguir atrair para o estádio palmeirense. Outra empresa envolvida é a Traffic, que negocia camarotes e espaços comerciais. Os palmeirenses irão ficar com 100% da arrecadação de bilheteria de partidas.

Parceira da empreiteira Odebrecht na gestão da Arena Pernambuco, sede do Estado na Copa do Mundo de 2014, a AEG tem contrato de exclusividade com o Palmeiras no Estado de São Paulo, o que não permite que a empresa trabalhe em conjunto ao Corinthians e a futura casa em Itaquera - também responsabilidade da Odebrecht.

"A Copa do Mundo é fantástica, mas dura apenas um mês. Estamos falando de 30 anos de parceria", argumentou Chuck Steedman, vice-presidente do grupo.

A diversidade e grandiosidade dos negócios da gigante americana é o que anima os administradores da Arena Palestra a respeito da parceria. Palcos consagrados como o Staples Center, casa do Los Angeles Lakers, a O2 Arena, em Londres, a Mercedes Benz Arena, em Xangai, e a LA Arena, também em Los Angeles, são geridos pela AEG. O grupo faz prospecção de negócios em estádios de 57 diferentes equipes de futebol.

Arena Palestra tem previsão para ficar pronta em abril de 2013
Arena Palestra tem previsão para ficar pronta em abril de 2013
Foto: Aloisio Mauricio / Terra
Terra

compartilhe

publicidade
publicidade