PUBLICIDADE
Logo do

Corinthians

Meu time

Por Libertadores, Mano acredita que base será mantida

3 jul 2009 13h01
| atualizado às 15h52
Publicidade

O técnico do Corinthians, Mano Menezes, disse nesta sexta-feira em entrevista coletiva que acredita que a maioria de seus comandados deve querer permanecer no clube para disputar a Libertadores no ano do centenário. Para ele, o trabalho da base deve continuar no mesmo curso.

» Lula pede a Ronaldo que jogue a Libertadores
» Diretoria do Santos parabeniza Corinthians pelo tri
» André Santos nega propostas e quer Copa
» Veja as últimas do Corinthians

"É um trabalho que não para nunca no futebol. Em determinados momentos da temporada se torna mais necessário, pois se abre a possibilidade de saídas de jogadores, como o que estamos vivendo agora. Mas não acredito que vamos perder muitos jogadores. Eles têm visão de carreira e disputar uma Libertadores é muito importante para eles", declarou.

Porém, Mano admitiu que, mesmo mantendo os principais nomes do elenco, novos reforços são bem-vindos. André Santos, Elias, Dentinho e Chicão são cotados para deixar o Corinthians por despertarem interesse em clubes europeus.

"Provavelmente se não perdermos ninguém, também vamos ter que qualificar e trazer mais jogadores. Temos que levar em consideração quem vamos perder, para contratar na mesma posição. Temos algumas carências de jogadores que já tiveram oportunidades e não corresponderam. Quando você vence não quer dizer que está tudo bem, quer dizer que você foi melhor naquele momento. Sabemos que temos que qualificar", disse.

O treinador acredita que o Corinthians estará mais preparado para enfrentar a Libertadores em 2010 do que estaria este ano, caso tivesse vencido a Copa do Brasil de 2008.

"Se o Corinthians tivesse ganho a Copa do Brasil ano passado, teríamos uma chance menor de fazer uma boa Libertadores, o grupo não estaria em condições ideais. Agora temos mais chances, a equipe mais qualificada, mais forte e vamos continuar preparando para estar melhor ano que vem", concluiu.

Fonte: Terra
Publicidade