0

Presidente do Flamengo celebra aval da CBF e projeta Primeira Liga

9 out 2015
20h20
  • separator
  • 0
  • comentários

A confirmação veio nesta sexta-feira, e alguns dos grandes clubes do Brasil terão uma nova competição em seu calendário a partir de 2016: A Copa Rio-Sul-Minas, já batizada de Primeira Liga. Para o presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, foi uma decisão acertada da entidade máxima do futebol brasileiro.

“Acho que foi uma decisão muito importante da CBF. Esse aval já era esperado, já que a Copa Rio-Sul-Minas só valoriza o calendário da Confederação. Nossa era expectativa era de que eles entendessem que não há nenhum tipo de confronto, estamos simplesmente buscando uma opção atrativa e rentável para os primeiros meses do ano”, analisou o mandatário.

O torneio, conforme abordado pelo presidente rubro-negro, acontecerá no primeiro semestre do ano e, com cinco datas já previstas, terá fim no dia 30 de março, momento entre a disputa dos campeonatos estaduais e da Copa Sul-Americana.

Bandeira ainda afirmou que, apesar de o aval da CBF já ter sido conseguido, há muitos ajustes a serem feitos antes de o plano da competição se transformar em prática.

“Acho que já está definido, o torneio deve começar dia 28 de janeiro, mas ainda não sei quando começa para o Flamengo. Semana que vem teremos que definir todos esses detalhes para podermos ajustar nosso calendário”, ajustou o mandatário.

A competição, que segue o exemplo dos extintos Sul-Minas e Rio-São Paulo, deverá contar com 12 clubes em sua primeira edição. Caso siga o critério de classificação no ranking nacional da CBF, estreará com participação de: Avaí, Atlético-MG, Atlético-PR, Coritiba, Cruzeiro, Figueirense, Fluminense, Flamengo, Internacional e Grêmio.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade