2 eventos ao vivo

Ronaldo diz que Lula "está indicando" empreiteiras ao Corinthians

6 jul 2009
22h20
atualizado em 7/7/2009 às 08h18

Antes da final da Copa do Brasil entre Corinthians e Internacional, o atacante Ronaldo reclamou do longo período passado pelos jogadores em concentração. Para o jogador, isso acontece por problemas na estrutura do time paulista. O camisa 9 declarou que o clube precisa de um Centro de Treinamentos moderno e vê o presidente Luiz Inácio Lula da Silva como "salvador".

» Meu peso já virou lenda, brinca Ronaldo
» Para Ronaldo, comparações com C. Ronaldo são inevitáveis
» Ronaldo critica Fla e fala em jogar Libertadores
» André Santos deixa futuro nas mãos da diretoria

"É o cara que mais pode ajudar o Corinthians neste momento de estruturação. Não ajudar financeiramente mas com contato de empreiteiras. Ele está indicando algumas empresas que podem nos ajudar", explicou o jogador ao programa Bem Amigos do Sportv.

Às vésperas da decisão contra o Internacional, pela Copa do Brasil, o atacante reclamou do excesso do período longo de concentração em hotéis, mas lembrou que isso acontece pela falta de estrutura.

"Era compreensível, porque os jogos eram importantes. Só aconteceu porque não temos um CT adequado, uma concentração. O São Paulo não faz essa viagem, eles dormem lá no centro de treinamento, se alimentam bem e acho isso válido", disse o atacante.

"Não sou contra a concentração em véspera do jogo. Isso acho perfeito. Só acho que três meses preso é muito. Só em Itu foram 40 dias. Não conheço nada de Itu", comentou.

Mano x Scolari

Ronaldo aproveitou para comparar o treinador do Corinthians Mano Menezes com Luiz Felipe Scolari, comandante da Seleção Brasileira na conquista da Copa do Mundo de 2002 com o atacante. "Acho eles bem parecidos. É a escola gaúcha, né? Eles motivam muito o grupo. Tem até as implicâncias que são bem parecidas. Eles obrigam a treinar de caneleira, meião tem de ser levantado", explicou.

O atacante também apontou uma diferença entre o treinador corintiano e Scolari. "Mano prende mais a gente que o Felipão. Passamos seis meses e quase três meses ficamos presos", brincou Ronaldo.

Ronaldo apontou falha na estrutura do Corinthians
Ronaldo apontou falha na estrutura do Corinthians
Foto: Gazeta Press
Fonte: Terra
publicidade