PUBLICIDADE

Saiba os clubes mais prejudicados pela janela de transferências

1 set 2009 - 16h25
Publicidade

O tormento para os torcedores dos clubes brasileiros, enfim, se encerrou. O fechamento da janela de transferências foi concretizado nesta terça-feira, com o dia extra concedido às equipes inglesas se expirando. A partir de agora, só equipes asiáticas podem levar jogadores, já que o prazo por lá vai até o fim de setembro.

» Veja fotos dos jogadores negociados
» No entra-e-sai da janela, Brasil resgata bons valores no exterior
» Por Libertadores, Grêmio "enrola" credores e escapa ileso
» Comente as perdas e reporte ausências na lista

Emerson foi baixa do Flamengo de última hora, se transferindo para o futebol asiático
Emerson foi baixa do Flamengo de última hora, se transferindo para o futebol asiático
Foto: Vipcomm / Divulgação

Em relação ao último ano, é possível dizer que os clubes brasileiros perderam menos jogadores. Foram 39 que partiram para o exterior em 2009, número menor aos 58 de 2008, contabilizando os que efetivamente faziam parte dos elencos na Série A.

Cruzeiro, vice campeão da Copa Libertadores, e Corinthians, campeão da Copa do Brasil, grandes sensações do primeiro semestre, foram os únicos a perder três titulares. Os mineiros venderam Ramires, Gérson Magrão e Wagner, enquanto os paulistas faturaram com André Santos, Cristian e Douglas.

Nilmar, do Internacional para o Villarreal, e Keirrison, do Palmeiras para o Barcelona - e emprestado ao Benfica -, foram os negócios que envolveram as maiores quantias. Ambos saíram por aproximadamente 15 milhões de euros (cerca de R$ 40 milhões).

Gilmar, do Náutico, e Pedrão, do Barueri, também seguiram a tradição de goleadores da Série A que são negociados para clubes pouco expressivos do exterior. Wellington, ex-Náutico, e Dudu, ex-Cruzeiro, são alguns dos que saíram nessas condições em outras temporadas.

Confira os jogadores da Série A que saíram durante a janela:

Atlético-MG
Leandro Almeida (Dínamo de Kiev) e Kléber (Marítimo)

Atlético-PR
Gustavo (Vitória de Guimarães) e Rafael Santos (Bologna)

Barueri
Pedrão (Al Shabab)

Botafogo
Maicosuel (Hoffenheim)

Corinthians
André Santos (Fenerbahce), Cristian (Fenerbahce), Lulinha (Estoril) e Douglas (Al Wasl)

Coritiba
Leandro Silva (Benfica), Adriano (Rio Ave) e Felipe (Standard Liège-BEL)

Cruzeiro
Ramires (Benfica), Wanderley (Marítimo), Anderson* (Lyon), Wagner (Lokomotiv Moscou) e Gérson Magrão (Dínamo de Kiev)

Flamengo
Ibson* (Spartak Moscou) e Emerson (Al Ain)

Fluminense
Romeu (Larissa-GRE) e Thiago Neves* (Al Hilal)

Goiás
Felipe Menezes (Benfica)

Grêmio
Orteman (Peñarol)

Internacional
Rosinei (América-MEX) e Nilmar (Villarreal)

Náutico
Gilmar (Guingamp-FRA), Edson (Korona Kielce-POL) e Daniel González (Colo-Colo)

Palmeiras
Keirrison (Barcelona) e Mozart (Livorno)

Santo André
Diego (Leixões-POR) e Antônio Flávio (AIK Stockholm-SUE)

Santos
Molina (Seognam Ilhwa-COR) e Tiago Luís (União Leiria-POR)São Paulo
Eduardo Costa (Monaco)

Sport
Weldon (Benfica)

Vitória
Neto Baiano (JEF United-JAP) e Victor Ramos (Standard Liège-BEL)

* Saíram por fim de empréstimo

Fonte: Terra
Publicidade