3 eventos ao vivo

Santos fala em inscrever Pelé no Mundial para transformá-lo em "tri único"

1 ago 2011
18h50
Diego Garcia
Felipe Held

O Santos planeja uma jogada de marketing ambiciosa para a disputa do Mundial de Clubes, em dezembro, no Japão. Para reforçar o time formado por Neymar, Ganso, Elano, Léo e Borges, o time alvinegro cogita inscrever o ex-jogador Pelé na competição, visando transformá-lo no único jogador da história a ser tricampeão mundial de clubes e de seleções.

"Estou com vontade de inscrevê-lo. Seria simbólico, propus para ele em reunião", afirmou o presidente Luis Alvaro de Oliveira Ribeiro, em entrevista ao Terra . "E o Pelé topou, é claro. Seria uma partida só, e qualquer coisa ele entra no jogo, bate um pênalti e sai", acrescentou o mandatário, em certo tom de brincadeira.

"Brinquei sobre isso em uma reunião do Conselho, mas é para o Pelé ter o prazer de ser tricampeão mundial pelo Santos e pela Seleção. São fantasias, fui publicitário e surgiu a ideia. Comentei isso com o Pelé, ele disse que precisava começar a treinar e falei para ele começar já", ressaltou o presidente.

Caso o desejo santista venha a acontecer, o ex-camisa 10 e maior jogador da história do Santos não será inscrito com sua numeração favorita. Atualmente, a camisa pertence ao meia Paulo Henrique Ganso, e Luis Alvaro rechaçou a ideia de retirá-la dele. "A 10 é do Ganso, mas o Pelé entra com a 1000. Já imaginou o Pelé no banco? O Barcelona ia tremer!", declarou, entre risos.

Entretanto, apesar do sonho do Santos em realizar a jogada de marketing, dificilmente o projeto sairá do papel. Isso porque apenas 23 atletas podem ser inscritos na competição, o que faria com que o técnico Muricy Ramalho tirasse um jogador apto a disputar os 90 minutos para inscrever Pelé no torneio. Além disso, a Fifa - que organiza o evento - precisaria aprovar a ideia.

Atualmente, Pelé se encontra com 71 anos de idade. Ele foi protagonista das duas primeiras Libertadores da história do Santos - em 1962 e 63 - e também dos dois títulos mundiais, também em 62 e 63. Pela Seleção Brasileira, o ex-atleta levantou os canecos das Copas do Mundo de 1958, 62 e 70. O time alvinegro, campeão continental em 2011, disputa o tri em dezembro, no Japão, contra Monterrey-MEX, Barcelona-ESP, Auckland City-AUS, além dos campeões africano, asiático e japonês.

Com informações da D.S. Garcia & Cia. Ltda - Especial para Terra

Luis Álvaro cogita Pelé no banco: "o Barcelona ia tremer"
Luis Álvaro cogita Pelé no banco: "o Barcelona ia tremer"
Foto: Reuters
Fonte: D.S. Garcia & Cia Ltda - Especial para o Terra D.S. Garcia & Cia Ltda - Especial para o Terra

compartilhe

publicidade
publicidade