1 evento ao vivo

Santos permite reação do Santo André e empata no ABC

4 jun 2009
22h54
atualizado em 12/6/2009 às 14h49

O Santos ficou em vantagem no placar três vezes, mas permitiu a reação do Santo André e empatou em 3 a 3 no ABC. Toda vez que os visitantes marcavam, os anfitriões conseguiam a igualdade. Com o resultado, o Santos segue na terceira colocação do Brasileiro, enquanto a equipe da Grande São Paulo subiu para a nona colocação.

» Veja fotos da partida
» ESPN: assista ao vídeo
» Veja a classificação atualizada
» Confira a tabela da Série A
» Comente o empate no ABC

Na próxima rodada, o time do litoral paulista vai ao Rio de Janeiro enfrentar o Botafogo, no sábado, dia 13, às 18h30. Já o Santo André joga com o São Paulo no Morumbi no mesmo horário.

O Santos precisou de apenas sete minutos para abrir o placar. Rodrigo Souto achou Kléber Pereira em ótima posição e passou a bola para o atacante, que driblou o goleiro Neneca e fez seu quarto gol no Brasileiro. O time da casa teve boa chance de empatar um minuto depois em falta cobrada por Elvis, que parou na boa defesa de Fábio Costa.

O empate do Santo André veio aos 14min. Elvis lançou na área e Marcelo desviou de cabeça. A bola sobrou para Nunes, que só precisou empurrar para o fundo das redes. O jogo seguiu movimentado e, aos 24min, Kléber Pereira cruzou pela direita e a bola sobrou para Madson, que bateu de primeira para fazer o segundo gol.

O time visitante seguiu melhor na partida, mantendo a bola no campo de ataque. Madson e Molina apareciam bem na armação das jogadas. Mesmo com o Santos criando mais, quem marcou outro gol foi o Santo André. Aos 46min, Arthur cruzou pela esquerda e Nunes subiu para desviar a bola para as redes de Fábio Costa.

O Santo André voltou melhor do intervalo, conseguindo a posse da bola e levando perigo à defesa do Santos. O ritmo do jogo seguiu morno até a entrada de Neymar aos 18min, que deu nova velocidade à partida. Aos 20min, o atacante santista sofreu falta na entrada da área. Fabão cobrou a infração e fez um golaço.

A situação do time da casa piorou aos 22min, quando Nunes dividiu bola com Fábio Costa em lance já parado por impedimento. O atacante levou o cartão amarelo, reclamou e foi expulso em seguida. O Santo André, porém, não abaixou a cabeça e seguiu pressionando. Arthur invadiu a área e sofreu pênalti aos 26min. Elvis cobrou, converteu a penalidade e conseguiu a terceira reação dos anfitriões.

Insatisfeitos com o empate, os jogadores do Santos seguiram pressionando o Santo André até os últimos minutos. Com o fim do jogo se aproximando, os visitantes passaram a lançar bolas na área adversária. A última chance do Santos veio aos 46min, quando Kléber Pereira cabeceou bola na trave. No rebote, a bola ainda bateu em zagueiro do time da casa e saiu pela linha de fundo com perigo.

Ficha Técnica

Gols
Santo André: Nunes, aos 14min e aos 46min do 1º tempo, e Elvis aos 26min da etapa final.
Santos: Kléber Pereira, aos 7min do 1º tempo, Madson, aos 24min da etapa inicial, e Fabão, aos 20min do 2º tempo.

Lance bizarro
Aos 22min do primeiro tempo, Molina cobrou falta da intermediária e finalizou muito acima do gol de Neneca.

Lance polêmico
Gustavo Nery recebeu bola em posição legal aos 33min, mas a arbitragem indicou impedimento. No mesmo lance, Fábio Costa chegou no carrinho e acertou em cheio o lateral-esquerdo do Santo André - o que seria pênalti, caso a posição irregular não fosse assinalada. O jogador precisou ser substituído após o lance.

Ponto Forte do Santo André
Jogadas pela esquerda com Elvis e Arthur

Ponto Fraco do Santo André
Erros de passe no meio-campo

Ponto Forte do Santos
Jogadas rápidas no ataque

Ponto Fraco do Santos
Defesa deixou muitos espaços no jogo aéreo

Personagem do jogo
Elvis, que criou a jogada do segundo gol e fez o terceiro

Esquema Tático Santo André
4-4-2
Neneca; Cicinho, Cesinha, Marcel e Gustavo Nery (Arthur); Fernando, Ricardo Conceição, Elvis (Dionísio) e Júnior Dutra (Ricardo Goulart); Antonio Flávio e Nunes; Técnico: Sérgio Guedes

Esquema Tático Santos
4-5-1
Fábio Costa; Luizinho (Pará), Fabão, Fabiano Eller e Léo; Roberto Brum, Rodrigo Souto, Madson, Molina (Neymar) e Paulo Henrique Lima (Lima); Kléber Pereira; Técnico: Vágner Mancini

Cartões Amarelos
Santo André: Élvis, Ricardo Conceição e Nunes
Santos: Léo, Luizinho, Fabiano Eller e Neymar

Cartão Vermelho
Santo André: Nunes

Árbitro
Luiz Flávio de Oliveira (SP)



Fonte: Terra
publicidade