0

Sem Seedorf, Oswaldo minimiza: "empate não tem relação com ausência"

8 ago 2013
00h46
atualizado às 01h02
  • separator
  • comentários

Depois de 11 partidas, o Botafogo voltou a sentir como é atuar sem seu principal jogador. O meia Seedorf, com uma fadiga muscular, nem ficou no banco de reservas e foi substituído pelo atacante Elias, que marcou o primeiro gol do empate por 2 a 2 com o Atlético-MG. Apesar da ausência, o técnico Oswaldo de Oliveira rechaçou qualquer tipo de dependência do seu time.

Brasileiro Série A 2013Rodada 12

Atlético-MGcam-sAtlético-MG2
2BotafogoBotafogobfr

  • Ronaldinho 28 ' (1T)
  • Luan 48 ' (2T)
  • Elias 13 ' (1T)
  • Nicolás Lodeiro 13 ' (2T)
2013-08-08 00:50 GMT-000 (D) FinalizadoIndependência
<p>Botafogo saiu na frente contra o Atl&eacute;tico-MG atuando no Est&aacute;dio Independ&ecirc;ncia</p>
Botafogo saiu na frente contra o Atlético-MG atuando no Estádio Independência
Foto: Ramon Bitencourt / Agência Lance

"Já jogamos sem o Seedorf várias vezes. Ganhamos do Vasco por 3 a 0 sem o Seedorf, no Campeonato Carioca. A nossa equipe não tem essa dependência dele. É a estrela, o talento que nós temos, assim como o Ronaldinho no Atlético-MG, Juninho no Vasco e o Alex no Coritiba. Todos os times têm seu jogador símbolo. A equipe correspondeu. O empate sofrido não tem qualquer relação com a ausência dele na partida", disse o treinador, após o jogo.

Além da ausência contra o Atlético-MG, o camisa 10 do Botafogo ainda não está garantido na partida de sábado, contra o Goiás, no Estádio Mané Garrincha. Oswaldo de Oliveira não confirmou a presença dele. "Se melhorar para sábado, joga. Se não melhorar, não vai jogar", resumiu.

Contra o Goiás, Oswaldo não poderá contar com o zagueiro Bolívar e o volante Gabriel, suspensos com três cartões amarelos, além do apoiador Lodeiro, que irá defender a seleção do Uruguai.

Fonte: Lancepress! Lancepress!
  • separator
  • comentários
publicidade