0

Substituto de Marcos salva Palmeiras de derrota para o Inter

6 jun 2010
20h28
atualizado em 7/6/2010 às 15h52
  • separator

O Internacional dominou o Palmeiras e pressionou o adversário durante toda a partida deste domingo, no Beira-Rio, mas parou em ótima atuação do goleiro Deola - que substituiu o capitão Marcos, lesionado - e não passou de um empate por 1 a 1. Lincoln abriu o placar para os paulistas, e Giuliano, no segundo tempo, deu o único chute que Deola não conseguiu segurar.

Com o resultado, o Inter vai para a paralisação da Copa do Mundo à beira da zona de rebaixamento, com sete pontos, na 16ª posição da tabela. Já o Palmeiras, com nove pontos, é o décimo colocado.

O time da casa começou melhor e chegou com perigo aos 7min. Giuliano levantou na área e Alecsandro acertou bonito voleio, mas Deola fez sua primeira defesa no jogo. Com Ewerthon isolado na frente, a equipe palmeirense tentava achar espaços no meio para abrir o placar.

O gol alviverde saiu aos 14min. Após bola alçada na área colorada, Ewerthon escorou de cabeça para a chegada de Lincoln, que acertou belo chute de primeira, sem chances para Lauro. Em vantagem no marcador, o time paulista se fechou na defesa e passou a bloquear as tentativas do Inter.

Aos 21min, D'Alessandro teve boa chance de empatar, mas chutou fraco dentro da área e Deola defendeu. Com 27min, Alecsandro ganhou lance pelo alto e cabeceou, mas novamente o goleiro palmeirense segurou. Os gaúchos mantinham a posse de bola, mas tinham dificuldade em furar a defesa adversária.

Pressionados, os palmeirenses não conseguiam sair para o ataque. Aos 41min, Guiñazu soltou a bomba da entrada da área, para outra boa intervenção de Deola, que saltou e espalmou. O primeiro tempo se encerrou com apenas uma finalização para o lado do time paulista - o lance do gol.

Na volta do intervalo, a situação não se alterou: Inter apertando, Palmeiras se defendendo. Com 5min, Walter chutou de longe e a bola desviou em Danilo, mas Deola se recuperou e defendeu.

Os visitantes conseguiram assustar aos 7min, quando Ewerthon passou por Bolívar e chutou de dentro da área, mas Lauro salvou. Porém, os colorados logo retomaram a pressão. Aos 14min, Guiñazu tocou para Walter dentro da área; o atacante girou o corpo e bateu cruzado, com muito perigo, para fora.

A resistência alviverde durou até os 21min. Giuliano recebeu bola na entrada da área e teve o chute travado, mas ficou com a sobra e bateu cruzado, rasteiro, sem chances para Deola, e igualou o marcador. Aos 26min, D'Alessandro fez grande jogada pela direita e cruzou; Taison ajeitou de cabeça e Giuliano emendou um voleio, mas a bola desviou em Danilo e saiu.

Deola era o grande nome palmeirense no jogo. Aos 29min, D'Alessandro acertou uma pancada rasteira de fora da área e o goleiro caiu para espalmar. Três minutos depois, o camisa 22 defendeu chute forte de Andrezinho. O Inter atacou até o apito final, mas não conseguiu transformar o domínio da partida em vantagem no placar.

FICHA TÉCNICA

Internacional 1 x 1 Palmeiras

Gols
Internacional: Giuliano, aos 21min do 2º tempo
Palmeiras: Lincoln, aos 14min do 1º tempo

Ponto Forte do Internacional
Dominou completamente a posse de bola no meio de campo e apertou a defesa palmeirense durante boa parte do jogo

Ponto Forte do Palmeiras
Quando atacou, aproveitou bem as chegadas dos meio-campistas para auxiliar Ewerthon na frente

Ponto Fraco do Internacional
Insistiu demais em jogadas aéreas, principalmente no primeiro tempo, sem obter sucesso

Ponto Fraco do Palmeiras
Recuou demais depois de abrir o placar, ficou sem saída de bola e foi sufocado pela pressão do Inter

Personagem do jogo
Deola, que salvou o Palmeiras de levar uma goleada com várias boas defesas

Esquema Tático do Internacional
4-4-2
Lauro; Glaydson (Andrezinho), Bolívar, Sorondo (Fabiano Eller) e Kléber; Sandro, Guiñazu, Giuliano e D'Alessandro; Walter e Alecsandro (Taison). Técnico: Enderson Moreira

Esquema Tático do Palmeiras
4-5-1
Deola; Vítor, Maurício Ramos, Danilo e Eduardo; Pierre, Edinho, Márcio Araújo, Cleiton Xavier (Marcos Assunção) e Lincoln; Ewerthon (Paulo Henrique). Técnico: Jorge Parraga

Árbitro
Djalma Beltrami (RJ)

Local
Estádio Beira-Rio, Porto Alegre (RS)

Público
13.769 pagantes

Renda
R$ 163.935,00

Colaborou com esta notícia o internauta Roberto Vinícius da Silva, de Porto Alegre (RS), que participou do vc repórter, canal de jornalismo participativo do Terra. Se você também quiser mandar fotos, textos ou vídeos, clique aqui.


Inter dominou no Beira-Rio e atacou o Palmeiras durante todo o jogo, mas parou em Deola
Inter dominou no Beira-Rio e atacou o Palmeiras durante todo o jogo, mas parou em Deola
Foto: Lucas Uebel/Vipcomm / Divulgação
vc repórter
publicidade