Brasileiro Série A

publicidade
25 de agosto de 2012 • 20h25 • atualizado em 26 de Agosto de 2012 às 07h58

T. Neves decide, Flu vence Vasco e pressiona líder Atlético-MG

O Fluminense bateu o Vasco por 2 a 1 em confronto equilibrado com dois gols de Thiago Neves
Foto: Dhavid Normando/Photocamera / Divulgação
 

O Fluminense segue sua caça ao líder do Campeonato Brasileiro e na noite deste sábado conseguiu mais uma vitória no clássico diante do Vasco, em partida válida pela 19ª rodada. E quem brilhou no Engenhão foi Thiago Neves, que marcou dois gols e garantiu os três pontos para a equipe tricolor. O jogo foi marcado por homenagens ao ex-goleiro e ídolo do Fluminense Félix, morto na sexta vítima de um enfisema pulmonar.

Com a vitória no clássico, o Fluminense foi aos 42 pontos e empatou com o líder, mas com dois jogos a mais e uma vitória a menos, e permanece na segunda posição. Já o Vasco amargou a segunda derrota consecutiva e a quarta partida sem vitórias. A equipe cruzmaltina permanece na terceira posição com 35 pontos, mas pode ser ultrapassado pelo Grêmio que joga contra o Internacional e tem 34.

Na parte de cima da tabela, as duas equipes jogavam para continuar a perseguição ao líder Atlético-MG. O Fluminense vinha de boa sequência com apenas uma derrota na competição. Já o Vasco tentava afastar a má fase, já que havia perdido o clássico para o Flamengo e não vencia há três jogos.

A partida marcou homenagens por parte do time tricolor ao ídolo Félix, goleiro que defendeu a equipe entre 1968 e 1976 e conquistou vários títulos com a camisa do Fluminense, além de ter sido campeão da Copa do Mundo de 1970 com a Seleção Brasileira. O ex-goleiro morreu sábado vítima de enfisema pulmonar, e os jogadores entraram em campo com camisas com o nome do ex-jogador.

A partida começou com os times se estudando e procurando manter a posse de bola no meio-campo. Precavidas, as equipes fizeram um jogo bastante burocrático na primeira etapa. Fred até chegou a balançar as redes aos 17min, mas o árbitro marcou falta do camisa 9 no zagueiro Douglas.

No segundo tempo o jogo foi mais movimentado e a torcida pôde acompanhar um belo espetáculo no Engenhão. Com as duas equipes partindo para cima desde o princípio, o Fluminense abriu o placar com um golaço de voleio de Thiago Neves aos 26min. Mas no lance seguinte o Vasco empatou com gol contra do zagueiro Gum. Mas Thiago Neves apareceu de novo e deu a vitória ao Fluminense com gol de falta.

Na abertura do segundo turno do Campeonato Brasileiro, o Fluminense joga mais uma vez no Engenhão, desta vez contra o Corinthians, na quarta-feira, às 22h (de Brasília). Já o Vasco tenta se reabilitar na competição diante do Grêmio, em difícil duelo no Estádio Olímpico, também na quarta-feira, às 22h.

O jogo

Os dois times entraram no gramado do Engenhão disposto a conseguir a vitória para se aproximar do líder Atlético-MG. O Fluminense contava com a volta dos seus dois atacantes titulares, Fred e Wellington Nem, e do lateral direito Bruno. Já o Vasco tentava recuperar a boa fase e se livrar dos resultados negativos dos últimos jogos.

E foi a equipe cruzmaltina que começou tomando a iniciativa do jogo. Logos aos 2min, Carlos Alberto sofreu falta, que Juninho cobrou para boa defesa de Diego Cavalieri. O jogo começou bastante disputando com as duas torcidas empurrando seus times das arquibancadas. A primeira chegada de perigo foi do Vasco. Aos 8min, Auremir cruzou com perigo da direita, Alecsandro dominou e tentou de voleio, mas a zaga atenta cortou.

A partida continuou bastante disputada. Carlos Alberto e Juninho comandavam as ações de ataque vascaínas, enquanto Thiago Neves e Wagner buscava, jogo pelo time tricolor. Aos 17min o Fluminense até fez o gol, mas a arbitragem invalidou. Carlinhos cruzou e Fred mandou para o fundo das redes, mas o árbitro Marcelo de Lima Henrique marcou falta do camisa 9 sobre Douglas.

O Vasco deu o troco aos 24min. William Barbio fez boa jogada pela direita, cruzou para Alecsandro, mas Gum cortou. O time de São Januário tentava tocar a bola no meio, mas esbarrava na boa atuação da zaga do Fluminense, a menos vazado do Brasileiro. Já a equipe tricolor buscava as jogadas pelas laterais com Carlinhos e Bruno. Apesar de bastante disputado, a primeira etapa terminou com poucos lances claros de perigo.

As equipes voltaram do vestiário dispostas a apresentar um futebol melhor no segundo tempo. Logo aos 3min o Vasco quase abre o placar. Carlos Alberto ganhou pela direita, rolou para William Barbio chutar cruzado, a bola passou na frente de Alecsandro que chutou, a zaga cortou, a bola sobrou para ele mesmo tentar de calcanhar e Bruno salvar.

A resposta do Fluminense veio aos 11 min. Wellington Nem fez boa jogada pela esquerda e encontrou Thiago Neves livre na entrada da área. O meia dominou e soltou a bomba com a esquerda para boa defesa de Fernando Prass. As duas equipes continuavam se lançando ao ataque.

Aos 26min o Fluminense puxou rápido contra-ataque, Wagner recebeu na esquerda e cruzou na medida para Thiago Neves pegar de voleio e fazer um golaço. Mas no minuto seguinte o Vasco diminuiu. Juninho avançou pela direita, cruzou para a área e Gum mandou contra as próprias redes e empatou a partida.

O jogo continuou muito corrido. Aos 35min, Tenório, que havia acabado de entrar, deu um chapéu no goleiro tricolor e tocou de cabeça no travessão. Com o gol perdido, o Vasco acabou punido. Thiago Neves cobrou falta com perfeição por fora da barreira e deu números finais à partida, 2 a 1.

Ficha técnica

VASCO 1 X 2 FLUMINENSE

Gols
VASCO: Gum (gol contra), aos 28min do segundo tempo

FLUMINENSE: Thiago Neves, aos 27 minutos do segundo tempo; Thiago Neves, aos 41min do segundo tempo

VASCO: Fernando Prass; Auremir (Jonas), Douglas, Dedé e William Matheus; Nilton, Wendel, Juninho e Carlos Alberto (Tenório); Alecsandro e William Barbio (Fellipe Bastos)
Treinador: Cristóvão Borges

FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Bruno, Gum Leandro Euzébio e Carlinhos; Edinho, Jean (Diguinho), Thiago Neves e Wagner (Samuel ); Fred e Wellington Nem (Samuel)
Treinador: Abel Braga

Cartões amarelos
VASCO: William Barbio, William Matheus, Wendel, Juninho, Fellipe Bastos
FLUMINENSE:Edinho, Jean, Thiago Neves, Samuel, Fred

Árbitro
Marcelo de Lima Henrique

Local
Engenhão, Rio de Janeiro

Terra Terra