0

Talismã, Leonardo salva Atlético-MG e lamenta: "não valeu muito"

1 nov 2012
07h45
atualizado às 08h00
Marcellus Madureira
Direto de Belo Horizonte

O atacante Leonardo transformou-se no talismã do Atlético-MG. No empate por 1 a 1 contra o Flamengo, na noite desta quarta-feira, ele entrou no segundo tempo da partida, fez gol e evitou a derrota dos donos da casa. Antes, também fez a diferença contra o São Paulo, com um gol, e diante do Sport, quando marcou duas vezes.

» Veja como eram os astros do futebol mundial na infância

Contra os cariocas, Leonardo entrou no intervalo e sofreu com a defesa fechada. No entanto, aos 12min, ele marcou seu gol. Em jogada trabalhada pela esquerda, feita por Bernard, a bola foi alçada na área, e Leonardo subiu para empatar a partida. Antes de entrar, a bola ainda tocou a trave esquerda.

"Foi um gol, mas não foi a mesma coisa. Não valeu muita coisa. Esse ponto foi derrota para gente, e vamos continuar trabalhando para seguir bem no campeonato", afirmou o atacante que chegou ao quarto gol no Brasileiro.

O gol transformou o estádio Independência em um caldeirão. O time partiu para cima de um Flamengo muito recuado. Pouco depois Leonardo teve outra grande chance. Em jogada na ponta direita, junto ao lateral direito Marcos Rocha, o camisa 29 ficou na cara do gol, mas viu a bola correr e não conseguiu chegar a tempo para tirar do goleiro.

Vendo que o centroavante Jô estava dentro da área, ele recuou e tentou armar, mas não conseguiu. A defesa adversária estava muito fechada dificultando o trabalho atleticano.

"Nunca joguei com o Flamengo tão fechado. Muitos jogadores na área fica complicado de furar o bloqueio", afirmou o técnico Cuca. O gol de Leonardo deu números finais a partida: 1 a 1.

Baixe gratuitamente o aplicativo Sigo meu Time e acompanhe seu time do coração

Leonardo definiu o empate por 1 a 1 no Estádio Independência
Leonardo definiu o empate por 1 a 1 no Estádio Independência
Foto: Ramon Bitencourt / Agência Lance
Fonte: Especial para Terra

compartilhe

publicidade
publicidade