0

Vasco convence clube alemão e Carlos Alberto deve ficar até 2013

2 jul 2010
22h05
atualizado em 3/7/2010 às 00h22
Rodrigo Viga
Direto do Rio de Janeiro

O vice-presidente do Vasco, José Hamilton Mandarino, afirmou que o clube acertou verbalmente a permanência do meia Carlos Alberto, cujo contrato de empréstimo junto ao Werder Bremen, da Alemanha, termina agora em julho. Segundo o dirigente, o jogador poderá ficar no clube cruzmaltino por mais três anos, embora ainda não haja acerto definitivo entre as partes.

"Nos reunimos com o pessoal do Werder Bremem e acertamos verbalmente, mas ainda falta a formalização e a documentação dessa negociação", disse Mandarino ao Terra por telefone. "A probabilidade dessa formalização acontecer eu diria que é muito grande", acrescentou.

O vice-presidente vascaíno também contou que várias opções de contrato foram discutidas com os alemães e que, em breve, uma delas será definida de forma a atender os interesses dos dois clubes e do atleta. Segundo ele, a permanência de Carlos Alberto não envolverá desembolso de recursos, sendo que o clube tentará fazer uma composição para ressarcir futuramente o Werder Bremen.

"O que nós estamos pensando é um modelo que, na frente, em caso de negociação com o atleta, os alemães sejam recompensados", disse Mandarim, que acredita em futuras propostas de outros times pelo meia.

O jogador, que se recupera de uma lesão, já havia manifestado sua vontade de continuar no Vasco. O clube, por sua vez, deixa claro que não pretende ceder nenhum de seus atletas na negociação com os dirigentes do Bremen por Carlos Alberto.

Sentindo-se em casa no Vasco, Carlos Alberto deve ter permanência prolongada por mais três anos
Sentindo-se em casa no Vasco, Carlos Alberto deve ter permanência prolongada por mais três anos
Foto: Lancepress!
Fonte: Especial para Terra

compartilhe

publicidade
publicidade