PUBLICIDADE

Brasileiro Série A

Zico será chamado para depor no Conselho Fiscal do Flamengo

23 nov 2010 - 21h38
(atualizado às 21h54)
Compartilhar

A polêmica parceria entre Flamengo e CFZ, clube fundado por Zico, será investigada por uma comissão criada pelo Conselho Fiscal do clube rubro-negro. A decisão foi tomada durante reunião na sede da Gávea, na noite desta terça-feira. Ex-diretor executivo de futebol, o ídolo será chamado a depor.

Zico será investigado pelo Conselho Fiscal
Zico será investigado pelo Conselho Fiscal
Foto: Dassler Marques / Terra

O presidente da comissão eleita pelos conselheiros é Gonçalo Veronese e a determinação é para que o inquérito seja concluído em dois meses. Havia a expectativa de que Zico fosse o primeiro a depor, mas o ídolo pode ser convocado apenas no fim das investigações.

O maior astro da história flamenguista pediu demissão e deixou o clube no início de outubro, insatisfeito com Leonardo Ribeiro, presidente do Conselho Fiscal. O dirigente disse à época que jogadores vindos do CFZ tinham privilégio nas categorias de base do Flamengo, prejudicando os atletas formados pelo clube.

O acordo entre as duas partes durou cinco meses e foi cancelado pela presidente Patrícia Amorim quando Zico entrou para a diretoria de futebol. O filho do ex-jogador, Bruno Coimbra, é presidente do CFZ e também será investigado.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra