0
Logo do Brasileiro Série B
Foto: terra

Brasileiro Série B

Após derrota, Sérgio Guedes e dirigente deixam o Bahia

30 set 2009
11h18
atualizado às 11h39
  • separator
  • comentários

A derrota por 2 a 1 para o Duque de Caxias nesta terça-feira foi a gota d'água que fez transbordar a crise no Pituaçu. Após o insucesso diante dos cariocas, o técnico Sérgio Guedes e o diretor de futebol Paulo Carneiro colocaram seus cargos à disposição da diretoria, que acatou a decisão de ambos e rescindiu seus contratos.

» Veja fotos da rodada da Série B
» Duque vence e afunda Bahia na tabela
» Veja a classificação atualizada
» Confira a tabela e os resultados

"Estou sofrendo com isso de ver o sentimento do torcedor do Bahia e não poder traduzir isso em vitórias. Acho que uma das alternativas pode ser a mudança", afirmou Guedes, que completou sua passagem pelo Bahia com 12 jogos, três vitórias, dois empates e seis derrotas, o pior retrospecto entre os treinadores que passaram pelo clube neste ano.

"Esse fato não me satisfaz como profissional. Vou conversar com a diretoria, que sempre me tratou bem. Por isso estou oferecendo meu cargo à disposição, caso seja uma mudança para melhorar o Bahia", disse Sérgio Guedes. "Talvez seja o momento de mudar, talvez tenha que balançar o comando técnico. Eu preciso como comandante assumir a responsabilidade e de fato refletir que tem que haver uma mudança", completou.

Além de Guedes, o dirigente Paulo Carneiro também pediu para se desligar com o clube, e, de acordo com a rádio Tudo FM , seu pedido foi aceito pelo presidente Marcelo Guimarães Filho.

Na próxima partida, o time baiano deve ser comandado pelo auxiliar-técnico João Marcelo, que foi atleta do clube na conquista do título brasileiro de 1988.

Sérgio Guedes deixa o Bahia depois de resultados ruins na Série B
Sérgio Guedes deixa o Bahia depois de resultados ruins na Série B
Foto: Gazeta Press
Gazeta Press

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade