2 eventos ao vivo
Logo do Brasileiro Série B
Foto: terra

Brasileiro Série B

Após susto, Vasco vira sobre América-RN e é campeão

13 nov 2009
23h06
atualizado em 14/11/2009 às 10h11

Diante de mais de 52 mil fãs ansiosos por nova festa no Estádio do Maracanã, uma semana depois de comemorarem o retorno à elite do futebol nacional no mesmo local, o Vasco levou um susto diante do ameaçado América-RN, mas mesmo assim conseguiu confirmar a conquista da Série B do Campeonato Brasileiro com duas rodadas de antecipação. Na noite desta sexta-feira, no mesmo cenário de otimismo do duelo do último sábado, o time cruzmaltino venceu por 2 a 1 e cumpriu o segundo objetivo de sua rápida passagem pela segunda divisão.

» Veja as fotos da festa do Vasco
» Baixe o pôster do campeão da Série B
» Veja a classificação atualizada
» Confira a tabela completa
» Comente o título do Vasco na Série B

Com a torcida apreensiva durante a maior parte do duelo, os heróis da conquista foram os integrantes da dupla de ataque, Elton e Alex Teixeira, que marcou o gol do título apenas aos 39min do segundo tempo. Já seu parceiro quase foi vilão na noite, já que perdeu um pênalti no primeiro minuto do segundo tempo e em seguida desobedeceu as ordens do técnico Dorival Júnior em outra cobrança, quando barrou Carlos Alberto e partiu para cobrança, mas desta vez acertou o alvo.

O terceiro triunfo seguido no torneio e quarto consecutivo sob seus domínios levou o time de São Januário aos 76 pontos, agora com 11 a mais que o Guarani. Mesmo com uma partida a menos a cumprir neste sábado, o time de Campinas terá a oportunidade de somar apenas mais nove pontos até o término da competição, fato que garante a taça aos vascaínos mesmo em caso de tropeço nos dois jogos restantes. Já o América-RN, que teve nas mãos a chance de ficar mais distante do rebaixamento, estaciona nos 42 e pode terminar o final de semana na zona dos quatro últimos colocados.

Apesar da grande festa que teve início com o gol salvador de Alex Teixeira e, principalmente após o apito final, o América-RN foi difícil de ser batido e manteve o clima de apreensão durante muito tempo nas arquibancadas do Maracanã. Com o time mandante bastante nervoso em resposta à grande pressão pela vitória, a equipe potiguar se mostrava solta em campo e precisou de apenas 12min para abrir o placar. Depois de cruzamento que veio da esquerda, o destaque Lúcio dominou entre os zagueiros vascaínos e finalizou no canto esquerdo de Fernando Prass.

A resposta do time carioca só veio no segundo tempo, no primeiro lance de Fumagalli em campo. Logo com 1min, o atacante contratado na reta final da Série B recebeu passe dentro da área e foi derrubado por Leandro, em lance que rendeu a expulsão do zagueiro. No entanto, na cobrança, Elton parou no goleiro Rodolpho e aumentou o clima tenso no estádio. Já aos 12min, teve outra chance em novo pênalti, desta vez cometido por Júlio Terceiro sobre Carlos Alberto. Apesar dos gritos desesperados de Dorival Júnior para o próprio meia bater, o centroavante assumiu a responsabilidade e não falhou na segunda tentativa, alcançando a artilharia isolada, com 17 gols.

Já aos 39min, outro nome importante do time tratou de liquidar a fatura e garantir a taça. Depois de receber de Fumagalli na entrada da área, o jovem Alex Teixeira saiu da marcação adversária e bateu cruzado para marcar belo gol no Maracanã, que soltou o grito de "o campeão voltou" dos torcedores, que só aguardaram o apito final para oficializar nova festa.

FICHA TÉCNICA

Vasco 2 x 1 América-RN

Gols
Vasco: Elton, aos 15min, e Alex Teixeira, aos 40min do 2º tempo
América-RN: Lúcio, aos 13min do 1º tempo

Pontos Fortes do Vasco
- Entrada de Fumagalli no segundo tempo, dando mais movimentação à equipe;
- Pressão que deu início após a expulsão de Leandro e insistência em busca da virada e título

Ponto Forte do América-RN
- Atuação no primeiro tempo, quando se mostrou superior e conseguiu controlar o ímpeto vascaíno

Ponto Fraco do Vasco
- Excesso de passes errados e falta de tranquilidade durante a maior parte do jogo

Pontos Fracos do América-RN
- Erros de finalização e bobeira no setor defensivo, nos lances dos dois pênaltis cometidos

Personagem do jogo
Carlos Alberto, do Vasco

Esquema Tático do Vasco
4-4-2
Fernando Prass; Fágner (Aloisio), Vilson (Phillippe Coutinho), Titi e Ramon; Nilton, Souza, Alex Teixeira e Ernani (Fumagalli); Carlos Alberto e Elton; técnico: Dorival Júnior

Esquema Tático do América-RN
4-4-2
Rodolpho; Thoni, Leandro, Edson Rocha e Jackson; Julio Terceiro (Ramires), Ricardo Oliveira, Somália e Juninho (Wilton Goiano); André Luís (Geovane) e Lúcio; técnico: Francisco Diá

Cartões Amarelos
Vasco: Alex Teixeira
América-RN: Leandro, Júlio Terceiro e Édson Rocha

Cartões Vermelhos
América-RN: Leandro

Árbitro
José Henrique de Carvalho (SP)

Público
50.237 pagantes

Local
Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)




Fonte: Redação Terra
publicidade