2 eventos ao vivo
Logo do Brasileiro Série B
Foto: terra

Brasileiro Série B

Coritiba consegue diminuir multa por incidentes no Couto Pereira

29 abr 2010
18h03
atualizado às 18h32

O Coritiba conseguiu abrandar a pena imposta pelo STJD, por conta dos incidentes ocorridos no dia 6 de dezembro no Estádio Couto Pereira. Na ocasião, os torcedores do time paranaense ficaram revoltados com a queda à Segunda Divisão e invadiram o gramado, transformando o estádio em um campo de guerra. A multa, que já havia caído para R$ 100 mil, diminuiu para R$ 5 mil, após o julgamento desta quinta-feira.

Em contrapartida, o Coritiba ainda terá que cumprir a pena de dez partidas sem jogar em seu estádio. A Arena de Joinville será a casa da equipe paranaense durante o começo do Campeonato Brasileiro da Série B. Porém, de acordo com o advogado Gustavo Nadalin, o clube irá recorrer da decisão mais uma vez, por acreditar que houve uma incoerência na nova avaliação.

"Foi mais um capítulo que não se encerrou ainda. Era um julgamento que era para ter acontecido junto ao pleno, mas houve mudança de planos por falta de pessoas e o relator é quem definiu sozinho o resultado. E ele aplicou o resultado apenas na pena de multa, diminuindo de R$ 100 mil para R$ 5 mil, não julgando a perda de mando. Aí existe uma contradição, porque as duas penas são acumulativas, ou seja, ele não pode mudar apenas uma pena e manter a outra", disse Nadalin, em entrevista à Rádio CBN de Curitiba.

"Vamos recorrer novamente desta decisão. Já conseguimos diminuir as penas e acreditamos melhorar ainda mais esta injustiça com o Coritiba. Vamos esgotar de todas as maneiras possíveis os recursos, não vamos desistir", afirmou o advogado.

O Coritiba foi julgado pelo STJD no final do ano, devido à barbárie ocorrida no Estádio Couto Pereira. Na ocasião, a entidade puniu o clube com a perda de 30 mandos de campo, mais uma multa financeira de R$ 610 mil, algo inédito no futebol brasileiro.

Porém, no dia 11 de março o Coritiba voltou ao tribunal e conquistou a diminuição da perda de mando de 30 para dez jogos, além da multa também ter caído para R$ 100 mil. O resultado aconteceu por maioria de votos, sendo que um relator votou para a perda de nove mandos, o que deu espaço para o clube recorrer mais uma vez.

Coritiba conseguiu reverter multa para apenas R$ 5 mil
Coritiba conseguiu reverter multa para apenas R$ 5 mil
Foto: Elaine Felchacka / Especial para Terra
Fonte: Lancepress!

compartilhe

publicidade
publicidade