2 eventos ao vivo
Logo do Brasileiro Série B
Foto: terra

Brasileiro Série B

Em jogo de 83 torcedores, Vila Nova bate Duque de Caxias

30 mai 2009
23h42
atualizado às 23h56

Em jogo marcado pela baixa presença de público que compareceu ao Estádio Giulitte Coutinho, em Mesquita (RJ), o Vila Nova obteve a recuperação no Campeonato Brasileiro da Série B. Na partida que encerrou a quarta rodada da competição nacional, apenas 83 torcedores pagaram para assistir à vitória por 2 a 1 dos goianos, de virada, sobre o Duque de Caxias na noite deste sábado.

» Veja fotos da rodada da Série B
» Veja a classificação atualizada
» Confira a tabela e os resultados
» Comente a vitória do Vila Nova

Com esse resultado, os visitantes, que tiveram seus gols anotados por Edson Borges e Vanderlei, chegaram aos sete pontos, ocupando a nona posição. Geovani marcou para os anfitriões, que permaneceram com seis pontos, em 12º lugar. As duas equipes voltam a campo na próxima sexta-feira, às 21h (de Brasília). O Duque de Caxias visita o Fortaleza, no Nordeste, enquanto o Vila Nova recebe o Ceará no Estádio Serra Dourada, em Goiânia.

Na condição de mandante, o Duque de Caxias começou o jogo pressionando, mas esbarrava na boa defesa do Vila Nova. A primeira oportunidade dos anfitriões aconteceu aos 18min, quando Leandro Cruz chutou de fora da área e o goleiro Juninho fez boa defesa. Mas o camisa um do time goiano nada nada pôde fazer aos 30min, quando a equipe da Baixada Fluminense abriu o marcador.

Paulo Rodrigues cruzou da esquerda, a zaga cortou de forma equivocada e Geovani aproveitou o rebote para chutar, de canhota, para o fundo das redes. Em desvantagem, o Vila Nova partiu para o ataque e chegou ao empate aos 38min. Canindé cobrou falta e Edson Borges se aproveitou de falha do goleiro Vinícius para cabecear para o gol.

O lance deixou o Duque de Caxias abalado e os goianos se aproveitaram para virar o placar aos 43min. Vanderlei recebeu lançamento em profundidade e chutou no canto direito de Vinícius, que dessa vez nada pôde fazer.

O Duque de Caxias voltou para o segundo tempo pressionando, mas sem poder de criação. Sua tarefa de acuar o rival foi facilitada aos 17min, quando Canindé foi expulso, deixando os goianos com um homem a menos em campo. Dois minutos depois, Edivaldo penetrou na área e chutou para grande defesa de Juninho.

Aos 42min, Leandro Cruz assustou Juninho com uma cobrança de falta sobre o gol. Depois desse lance, mesmo com um homem a menos, o Vila Nova conseguiu se fechar bem e administrar a vantagem até o apito final do árbitro.

Com pouca torcida contra, Vanderlei marca um dos gols da vitória do Vila Nova sobre o mandante
Com pouca torcida contra, Vanderlei marca um dos gols da vitória do Vila Nova sobre o mandante
Foto: Ide Gomes / Futura Press
Fonte: Gazeta Press
publicidade