PUBLICIDADE

Em jogo morno, Ipatinga vence Duque de Caxias

11 jul 2009 18h09
| atualizado às 19h13
Publicidade

No Ipatingão, o Ipatinga venceu o Duque de Caxias por 1 a 0, neste sábado, pela décima rodada da Série B do Campeonato Brasileiro 2009. O único gol da partida foi marcado pelo atacante Marcelo Ramos, que chegou ao seu terceiro gol na competição.

» Veja fotos da Série B
» Veja a classificação atualizada
» Confira a tabela completa
» Comente o resultado

Com o resultado, o Ipatinga chegou aos 15 pontos na tabela, equanto o Duque de Caxias parou nos 13. Mal começou a partida, o Ipatinga marcou um gol, que foi anulado. O atacante Amílton foi lançado em posição irregular e mandou para a rede. Com o susto levado, o Duque de Caxias acordou no jogo e tentou fazer, sem sucesso, uma pressão nos donos da casa.

Equilibrada, a partida seguia com poucas chances claras de gols para os dois lados. Os laterais eram a principal arma dos times para chegar ao ataque. Júlio César na esquerda pelo Ipatinga e Oziel na direita pela Caxias apoiavam muito e marcavam pouco. E foi pela direita, que, após uma bela jogada de Oziel, Cleiton quase abriu o placar para o time do Rio de Janeiro. Marcelo Cruz fez bela defesa.

Aos 33 minutos, o atacante Gilcimar deu a bola no pé de Leandro Brasília, o meia lançou Marcelo Ramos, que tocou por cima do goleiro Vinícius, fazendo 1 a 0 para o Ipatinga. Há seis minutos do fim da primeira etapa, Gilcimar quase se redimiu: após receber na área, o atacante girou em cima do zegueiro e bateu de bico, tirando tinta da trave direita do goleiro mineiro.

No segundo tempo, o Ipatinga começou a segunda etapa partindo para cima do Caxias. Autor do primeiro gol, Marcelo Ramos avançou pela esquerda e chutou forte, para boa defesa do goleiro Vinícius.

O Duque de Caxias tentava responder, sempre com o lateral Oziel, mas não conseguia levar real perigo ao gol do adversário. Quem esteve mais perto de marcar foi o Ipatinga.

Após boa jogada de Marcelo Ramos pela direita, o atacante Amílton cabeceou e Vinícius defendeu em cima da linha.Gilcimar era o homem mais perigoso da equipe da baixada carioca e quase empatou a partida em uma bela cabeçada, que o goleiro Marcelo Cruz teve de se esticar todo para defender.

Com o fim de jogo se aproximando, o Caxias partia para tentar o gol, mas esbarrava na boa atuação do goleiro mineiro, que teve de fazer mais algumas defesas para garantir a vitória apertada.

Marcelo Ramos comemora gol da vitória
Marcelo Ramos comemora gol da vitória
Foto: Sérgio Roberto / Futura Press
Fonte: Lancepress!
Publicidade