1 evento ao vivo
Logo do Brasileiro Série B
Foto: terra

Brasileiro Série B

Paraná marca nos acréscimos e empata com Ponte

29 ago 2009
18h05
atualizado às 22h10
  • separator

Ponte Preta e Paraná empataram por 3 a 3, neste sábado, em Campinas, pela 21ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O resultado foi melhor para a equipe visitante, que abriu o placar com menos de um minuto de jogo, levou a virada logo em seguida, mas deixou tudo igual com um gol marcado nos acréscimos do confronto, com Gabriel, de cabeça.

» Veja fotos da rodada
» Veja a classificação atualizada
» Confira a tabela e os resultados
» Comente o empate em Campinas

Com o resultado, a Ponte Preta passou a somar 31 pontos e ficou a seis de distância para o Ceará, equipe que neste momento fecha o G-4 da Série B do Brasileiro. Já o Paraná saltou aos 25 pontos, mas ainda luta para se afastar da zona de rebaixamento à terceira divisão do ano que vem.

E foi justamente por brigar contra as últimas colocações que o Paraná foi para cima da Ponte logo no início e abriu o placar a 1min, graças a Rafinha, que acertou o ângulo de Giovanni. O empate, porém, não demorou a vir: no minuto seguinte, Edílson cobrou falta na área e Evando desviou de cabeça.

Ainda no primeiro tempo, a Ponte ampliou o marcador com Dezinho, aos 8min - aproveitando uma falha do goleiro Ney -, e Jean Carioca, aos 35min, após assistência de Evando. Já na etapa final, o Paraná diminuiu com Marcelo Toscano, aos 14min, e por pouco não empatou o jogo: aos 24min, Rafinha acertou a trave de Giovanni em um chute de fora da área.

De tanto insistir, porém, o Paraná voltou a deixar o placar empatado. No último minuto de jogo, Rafinha acertou um belo cruzamento e Gabriel desviou de cabeça para decretar o 3 a 3.

Na próxima sexta-feira, o Paraná voltará a campo pela Série B do Brasileiro para encarar o América-RN, em Curitiba, às 21h (de Brasília). Já a Ponte Preta terá como adversário o time do Ipatinga, no mesmo dia e horário, no Ipatingão.

Acidente

Um fato curioso marcou o confronto entre Ponte Preta e Paraná. Antes de o jogo começar, o quarto árbitro do confronto, Guilherme Cereta de Lima, foi atacado por um cão da polícia militar e recebeu assistência médica na perna esquerda.

Ficha técnica:

Gols
Ponte Preta: Evando, Dezinho e Jean Carioca, aos 2min, 8min e 35min do 1º tempo
Paraná: Rafinha, a 1min do 1º tempo, e Marcelo Toscano e Gabriel, aos 14min e 48min do 2º tempo

Polêmicas
- Antes do jogo começar, o quarto árbitro da partida foi mordido por um cão da polícia militar, presente no estádio para atuar na segurança do evento

Ponto Forte da Ponte Preta
Velocidade no ataque e personalidade na hora de buscar a virada

Ponto Forte do Paraná
Início de jogo arrasador e atuação inspirada de Rafinha

Ponto Fraco da Ponte Preta
Falhas de marcação na defesa

Ponto Fraco do Paraná
Chances desperdiçadas de gol, principalmente no primeiro tempo

Personagem do jogo
Rafinha, do Paraná, que teve uma bela atuação no Moisés Lucarelli

Esquema Tático Ponte Preta
4-4-2
Giovanni; Edilson, Jean, Dezinho e Eduardo Arroz; Deda, Pirão, Guilherme e Jean Carioca (Fabiano Gadelha); Evando (Danilo Neco) e Lins (Willian Favoni). Técnico: Pintado

Esquema Tático Paraná
3-5-2
Ney; Gabriel, Dedimar e Elton; Marcelo Toscano (Wando), Rai, Luiz Henrique, Davi e Márcio Goiano (Fabinho); Rafinha e Adriano (Wellington Silva). Técnico: Sérgio Soares

Cartões Amarelos
Ponte Preta: Edilson, Eduardo Arroz e Guilherme
Paraná: Dedimar, Elton, Luiz Henrique e Fabinho

Árbitro
Renato Cardoso da Conceição (MG)



Veja também:

Saiba as 20 transações mais lucrativas da história do futebol
Fonte: Redação Terra
publicidade