0
Logo do Brasileiro Série B
Foto: terra

Brasileiro Série B

Portuguesa tropeça no Bahia e perde chance de ser vice-líder

30 mai 2009
18h02
atualizado às 21h11

Com o apoio da sua torcida no Canindé, a Portuguesa tropeçou em casa ao empatar com o Bahia, por 0 a 0, neste sábado, e perdeu a chance de terminar a rodada como vice-líder da Série B. O time paulista jogou grande parte da partida com um a menos, graças a expulsão do lateral Anderson Paim.

» Veja fotos da rodada
» Veja a classificação atualizada
» Confira a tabela e os resultados
» Comente o empate em São Paulo

O resultado fez a equipe lusa cair para a quinta posição na tabela, com oito pontos ganhos. Já o Bahia foi para a sétima colocação da segunda divisão, com sete pontos.

Melhor no começo da partida, a Portuguesa se complicou no jogo aos 28min do primeiro tempo. Anderson Paim, que tinha acabado de tomar um cartão amarelo, cometeu falta dura no lateral Marcos e foi expulso.

Mesmo com um a menos, a equipe paulista teve boa chance de abrir o placar aos 39min. Pirajú deu um chapéu no zagueiro Nen, invadiu a área pela direta em velocidade, mas foi travado na hora do chute.

Com a vantagem numérica, o Bahia passou a pressionar e no segundo tempo quase saiu vencedor do Estádio do Canindé. Aos 27min, Lima cabeceou a queima-roupa, e o goleiro Fábio fez grande defesa, mostrando belo reflexo.

A situação da Portuguesa voltou a melhorar na partida aos 37min. Evaldo fez falta dura em Erick, que descia em velocidade pela esquerda, e foi expulso de campo.

A equipe da casa teve a última chance de perigo da partida, quando Bruno Rodrigo recebeu cruzamento de Wilton Goiano e colocou a bola na trave.

FICHA TÉCNICA

Portuguesa 0 x 0 Bahia

Lance polêmico
No final da partida, Marco Antônio foi cobrar uma falta perigosa e o jogador do Bahia, a menos de 9,15m da bola, interceptou o chute. O árbitro não solicitou a volta da cobrança e ainda deu cartão amarelo para o jogador da Portuguesa, que reclamou veementemente

Ponto Forte da Portuguesa
Boa atuação do goleiro Fábio e empenho da equipe, mesmo com um a menos em campo

Ponto Fraco da Portuguesa
Falta de criatividade do ataque e erros de finalização

Ponto Forte do Bahia
Boas jogadas de contra-ataque, principalmente na primeira etapa

Ponto Fraco do Bahia
Excesso de violência, que acabou causando a expulsão de um jogador da equipe e mais vários cartões amarelos

Personagem do jogo
Goleiro Fábio, que fez grande defesa salvando a Portuguesa

Destaque negativo do jogo
Expulsões dos dois lados

Esquema Tático da Portuguesa
3-5-2
Fábio; Bruno Rodrigo, Ediglê e Erick; César Prates (Wilton Goiano), Acleisson, Marco Antônio, Preto e Anderson Paim; Piraju (Tatá) e Christian (Dinei)
Técnico: Paulo Bonamigo

Esquema Tático do Bahia
4-4-2
Marcelo; Marcos, Evaldo, Nen e Ávine (Roberto); Leandro (Beto), Hernani, Rogério e Rubens Cardoso; Lima e Alex Terra (Paulo Roberto)
Técnico: Alexandre Gallo

Cartões Amarelos
Portuguesa: César Prates e Preto
Bahia: Fernando (no banco de reservas), Nen, Rubens Cardoso, Rogério e Hernani

Cartões Vermelhos
Portuguesa: Anderson Paim
Bahia: Evaldo

Árbitro
Claudio Francisco Lima e Silva (SE)




Portuguesa pára na trave e fica no 0 a 0 em casa
Fonte: Redação Terra
publicidade