0
Logo do Brasileiro Série B
Foto: terra

Brasileiro Série B

São Caetano cede empate no fim ao Atlético-GO

4 jul 2009
23h05

Na noite deste sábado, no fechamento da nona rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, o São Caetano recebeu o Atlético-GO, no Anacleto Campanella, e cedeu no fim o empate por 2 a 2. O resultado manteve o time do ABC Paulista na zona do rebaixamento, na 19ª colocação. Já o time goiano foi a 17 pontos e se manteve no G4.

» Veja a classificação atualizada
» Confira a tabela e os resultados
» Comente o empate no ABC Paulista

O São Caetano iniciou a partida com uma novidade no meio-de-campo. Regularizado, Eduardo Ramos foi o responsável pela criação da equipe. E foram de seus pés que saíram as melhores jogadas do time da casa.

A partida foi bastante movimentada. Aos 9min, o azar deu as caras no ABC. Com apenas três gols marcados em nove rodadas, Douglas tratou de anotar um, mas contra. Em jogada de Róbston, o zagueiro chutou para cima para afastar o perigo, mas acabou encobrindo o goleiro Luiz.

Após o gol, o time da casa dominou o primeiro tempo, perdendo boas chances com Eduardo Ramos, em chute de fora da área, e Washington, em chute defendido por Márcio. Depois de muito tentar, o São Caetano conseguiu um empate aos 44min. Em falta pela direita, Ramos colocou na cabeça de Ademir Sopa, que fez seu segundo gol no campeonato.

Empolgado, o time do São Caetano iniciou a segunda etapa da mesma maneira como terminou a primeira. Tanto que o gol da virada, aos 3min, pareceu repetição do primeiro. Falta na direita, Eduardo Ramos na bola e gol de Artur.

A partir daí, o Atlético criou várias chances para empatar. Em boa jogada, Pituca invadiu a área, driblou um zagueiro e bateu, mas Luiz fez grande defesa, contando ainda com a ajuda da trave. Aos 32min, Rafael Cruz arriscou de fora da área e acertou o travessão rival. Cinco minutos depois, Artur salvou outra chance em cima da linha.

Mas aos 46min, de tanto insistir, o gol saiu. Após receber bom passe, Marcão colocou para dentro e levou para cinco o número de partidas do técnico Antônio Carlos sem vitórias, após um empate com Vasco e derrotas para Ceará, Ponte Preta e Guarani.

Fonte: Lancepress!
publicidade