0
Logo do Brasileiro Série B
Foto: terra

Brasileiro Série B

Vasco fecha acordo de R$ 64 mi com fornecedora

12 jun 2009
00h02
atualizado às 00h05

Depois de uma longa negociação, o Vasco anunciou nesta quinta-feira que fechou contrato com a fornecedora de material esportivo Penalty, em um acordo que pode gerar até R$ 64 milhões para os cofres do clube cruzmaltino durante os próximos cinco anos.

» Pimpão deve desfalcar Vasco
» Ramon pode deixar o clube
» Aloísio não vê a hora de jogar
» Veja as últimas do Vasco

Nesta sexta-feira, às 10h (de Brasília), o presidente Roberto Dinamite e o vice de marketing, Fábio Fernandes, responsável pela negociação, concederão uma entrevista coletiva sobre o assunto. Perguntado mais cedo sobre qual seria a nova fornecedora de material esportivo, o mandatário preferiu aumentar o mistério.

"Isso está com o departamento de marketing. Fábio Fernandes é quem fará o anúncio", limitou-se a dizer Dinamite. Para a tristeza do presidente, o site oficial do clube saiu na frente e estragou qualquer tentativa de surpresa ou mistério.

A Champs foi a última empresa responsável por fornecer material esportivo para o clube. O contrato geraria cerca de R$ 21,6 milhões por três anos e meio de acordo. Como houve falta de pagamento das parcelas mensais de R$ 506 mil, o Vasco optou pela rescisão unilateral do contrato.

Em dezembro de 2008, quando o contrato com a Champs foi anunciado, o fato foi muito celebrado em São Januário por ser algo muito superior aos valores do mercado. Resta saber agora qual será a postura da Champs diante do acordo do Vasco com a Penalty e o futuro da recém-formada parceria.

O curioso é que a Penalty é credora do Vasco em cerca de R$ 8 milhões justamente por uma quebra de contrato unilateral, por parte do clube, realizada em 1996, ainda sob a gestão de Antônio Soares Calçada e Eurico Miranda.

Com informações da agência Lancepress.

Fonte: Redação Terra

compartilhe

publicidade
publicidade