Boletim

 Fale conosco
Série A
Segunda, 16 de maio de 2005, 17h16 
Atacante Gioino será repreendido por Bonamigo
 
 Últimas de Série A
» Situação de Wágner Diniz preocupa CRB
» Liminha comandará Flamengo no início do Estadual
» Zagueiro Rodrigo desconhece oferta do Corinthians
» Palmeiras renova com goleiro Diego Cavalieri
Busca
Busque outras notícias no Terra:
O técnico Paulo Bonamigo terá uma conversa séria com o atacante Gioino nesta segunda-feira. O anúncio foi feito pelo treinador após a derrota para o Paraná, domingo, no Palestra Itália. O motivo: o argentino descumpriu uma ordem de Bonamigo no lance do pênalti que originou o gol palmeirense na derrota por 2 x 1.

O batedor oficial de pênaltis do Palmeiras determinado por Bonamigo é Marcinho. Contra o Paraná, Gioino tirou a bola das mãos de Marcinho, cobrou e o goleiro defendeu.

O árbitro mandou voltar alegando que o goleiro do Paraná se adiantou no lance. Na segunda chance, Marcinho acertou o canto esquerdo e fez seu primeiro gol com a camisa do Palmeiras.

"Foi definido em preleção quem os batedores são: primeiro Marcinho, depois Washington e em seguida Juninho. O Gioino tomou uma iniciativa que vamos ter que conversar com ele", disse Bonamigo.

Marcinho evitou criar polêmicas com o companheiro, mas demonstrou que não gostou da atitude de Gioino de tomar a bola das suas mãos.

"Eu não vi que ele estava bravo. Ele só pegou a bola, pediu para bater e eu disse para ele ficar à vontade. Graças a Deus as coisas voltaram e eu pude marcar o meu gol", explicou Marcinho.
 

Lancepress!