Boletim

 Fale conosco
Série A
Segunda, 5 de dezembro de 2005, 22h15  Atualizada às 01h32
Argentino Tevez é eleito o craque do Brasileiro 2005
 
Rodrigo Viga
Especial para o Terra
 
EFE
Argentino Tevez recebe o prêmio de melhor jogador da competição
Argentino Tevez recebe o prêmio de melhor jogador da competição
Galeria de fotos
» Veja fotos
 Últimas de Série A
» Situação de Wágner Diniz preocupa CRB
» Liminha comandará Flamengo no início do Estadual
» Zagueiro Rodrigo desconhece oferta do Corinthians
» Palmeiras renova com goleiro Diego Cavalieri
Busca
Busque outras notícias no Terra:
O argentino Carlos Tevez foi eleito o melhor jogador do Campeonato Brasileiro. O jogador recebeu o prêmio "Craque de Ouro" na festa do "Craque Brasileirão 2005", que a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) promoveu na noite desta segunda-feira, realizada no Teatro João Caetano, no Rio de Janeiro.

Veja galeria de fotos
Confira a relação de vencedores
Você concorda com a eleição dos melhores do Brasileiro 2005?
Escolha os melhores do Brasileiro-2005 no Terra

O craque argentino foi o capitão do time campeão da edição de 2005 do Brasileiro, e artilheiro do Corinthians no torneio, com 19 gols.

Tevez, que, além de chegar atrasado, foi um dos únicos que não compareceu de trajes sociais à cerimônia, desbancou nomes como Petkovic, do Fluminense, e Rafael Sobis, do Inter, outros postulantes ao prêmio de melhor, e também está na seleção dos melhores do Brasileiro.

O Corinthians foi o maior clube premiado, com cinco jogadores na seleção do Brasileiro 2005, seguido pelo Fluminense e o Inter, com dois.

O Goiás, terceiro colocado no Brasileiro, e que havia recebido cinco indicações, não teve nenhum jogador escolhido na seleção do campeonato.

A seleção do campeonato enfrentará o Corinthians, campeão desta edição, em jogo festivo, que será realizado no próximo domingo, dia 11, às 16h, no estádio do Morumbi. A seleção conta com Fábio Costa; Gabriel, Lugano, Gamarra e Gustavo Nery; Marcelo Mattos, Tinga, Roger e Petkovic; Tevez e Rafael Sóbis.

O técnico escolhido foi Muricy Ramalho, do Internacional, que recebeu o prêmio das mãos do treinador da Seleção Brasileira, Carlos Alberto Parreira.

Numa prova de solidariedade ao mau momento que vive a arbitragem no Brasil, a CBF decidiu premiar os melhores árbitros da competição, e o escolhido foi o gaúcho Leonardo Gaciba, que desbancou o seu conterrâneo Carlos Eugênio Simon, o segundo colocado.

Simon, assim como todos os jogadores do São Paulo que foram indicados, não compareceu à premiação, por estar no Japão, na disputa do Mundial de Clubes da Fifa.

Na cerimônia, apresentada pelos atores Evandro Mesquita e Marisa Orth, a CBF entregou o troféu de campeão aos vencedores das Séries A, B e C do Brasileiro (Corinthians, Grêmio e Remo, respectivamente).

O atacante Romário que, aos 39 anos, foi o artilheiro da competição, com 22 gols, ao contrário do que havia dito, compareceu à festa para receber o prêmio, e foi ovacionado pela platéia, que o aplaudiu de pé.

O coordenador-técnico da Seleção Brasileira, Zagallo, venceu na categoria homenagem especial.


 

Redação Terra