Boletim

 Fale conosco
Série A
Quarta, 7 de dezembro de 2005, 18h30  Atualizada às 20h26
Presidente do Inter pede para torcedor retirar ação
 
Alexandre Praeztel
Especial para o Terra
 
 Últimas de Série A
» Situação de Wágner Diniz preocupa CRB
» Liminha comandará Flamengo no início do Estadual
» Zagueiro Rodrigo desconhece oferta do Corinthians
» Palmeiras renova com goleiro Diego Cavalieri
Busca
Busque outras notícias no Terra:
O presidente do Internacional, Fernando Carvalho, fez, nesta quarta-feira, um apelo ao torcedor Leandro Konrad Konflanz para que retire sua ação na Justiça comum.

Konflanz é torcedor do Internacional e foi à Justiça pedir o cancelamento da repetição dos 11 jogos apitados por Edílson Pereira de Carvalho.

"Diante de todos os embaraços que apareceram com esta situação, enviamos uma correspondência ao Leandro pedindo que ele desista deste pleito para não nos prejudicar. Vamos aguardar uma resposta", afirmou.

Carvalho disse também que a Conmebol garantiu a presença do Inter na Libertadores da América. "Nossos representantes foram informados que não há nada contra o Inter e o clube está confirmado na competição. Não existe nenhum risco de não participarmos", encerrou.

Nesta semana, surgiu a informação de que Konflanz tem ligações estreitas com um dos conselehiros do clube colorado, o que poderia qualificá-lo como um representante informal da equipe.

Se tiver o pedido atendido, o Internacional passará a ser o campeão brasileiro, um ponto à frente do Corinthians.

A CBF já entregou a taça ao clube paulista. No entanto, a Justiça comum ainda não deu seu parecer e proibiu a CBF de declarar o campeão.

Em ofício enviado pela juíza Munira Hanna, da 1ª Vara Cível de Porto Alegre, a CBF foi advertida para que cumpra a determinação. Caso contrário, será multada em R$ 100 mil por dia.

Indecisão

Leandro confirmou o recebimento do pedido do Inter, mas disse que ainda não sabe que decisão tomar. "Recebi o pedido do Internacional, mas não sei ainda que caminho tomar. Tudo tomou uma repercussão muito grande", afirmou o advogado, em entrevista à rádio CBN.

O torcedor colorado fez questão de dizer que tomou a atitude independentemente, e não como "laranja" do Inter. Após receber a carta do presidente do Inter, Leandro cogita a hipótese de recuar.

"O processo já correu algumas instâncias. É uma decisão difícil de ser tomada", afirmou.


 

Lancepress!