Boletim

 Fale conosco
Série A
Quarta, 12 de julho de 2006, 21h26 
Inter vence Ponte Preta e segue no topo
 
VIPCOMM/Divulgação
Fernandão  tenta o giro na vitória sobre a Ponte Preta no Beira-Rio
Fernandão tenta o giro na vitória sobre a Ponte Preta no Beira-Rio
 Últimas de Série A
» São Paulo contrata meia Hugo, diz jornal
» Internautas põem cinco são-paulinos na seleção do Brasileiro
» Artilheiro Souza afirma que quer sair do Goiás
» Internautas elegem Renato, do Fla, o melhor do Brasileiro
Busca
Busque outras notícias no Terra:
O Internacional se manteve no topo da tabela do Campeonato Brasileiro com uma vitória sobre a Ponte Preta na noite desta quarta-feira. Jogando ao lado da torcida no Beira-Rio, o time gaúcho foi superior desde o início do confronto e venceu por 2 a 0.

Veja fotos da 11ª rodada
Confira a classificação
Veja os artilheiros
Veja o site do Brasileiro 2006

Com este resultado, o Inter chega aos 24 pontos continua brigando com o Cruzeiro pela primeira posição. Na próxima rodada, a equipe faz o clássico contra o Juventude. A Ponte Preta continua com os mesmos 14 pontos ganhos, no 12º lugar. O time volta a campo diante do Botafogo.

De tanto pressionar, o Inter inaugurou o marcador aos 27min do primeiro tempo. Após jogada confusa dentro da área paulista, Rafael Sóbis pegou o rebote e sofreu pênalti claro. Alex bateu no canto esquerdo e colocou os donos da casa em vantagem.

Sem correr grandes riscos, o Internacional manteve o domínio das ações durante a disputa da etapa complementar. A equipe do técnico Abel Braga aumentou a vantagem aos 18min. Após cobrança de escanteio do lado esquerdo, Fabiano Eller escorou para o meio e Ceará completou de cabeça.

O Jogo

Na etapa inicial, apenas o Internacional subiu ao gramado para jogar futebol. Os gaúchos dominaram os 45 primeiros minutos sem fazer muito esforço e não permitiram que a Ponte Preta ameaçasse o gol de Clemer em nenhum momento.

O quarteto formado por Ramon, Alex, Rafael Sobis e Fernandão entrava com facilidade na retranca armada pelo técnico Marco Aurélio. O Inter ainda contava com os avanços de Ceará, Tinga e Perdigão. No entanto, os donos da casa não conseguiram converter o domínio em gol rapidamente.

Somente aos 27min, após uma blitz na defesa paulista, o zagueiro Preto derrubou Rafael Sobis dentro da área. O árbitro apitou acertadamente o pênalti. Alex cobrou com categoria, no canto direito de Jean, e abriu o placar em Porto Alegre.

Em vantagem no marcador, o Internacional permaneceu muito superior à Ponte dentro do jogo. Os paulistas não conseguiam armar uma jogada de perigo e ainda tinham dificuldade nas saídas de bola. A superioridade dos gaúchos em campo era evidente.

Na segunda etapa, os donos da casa diminuíram o ritmo, porém mantiveram o o controle da partida. A Ponte Preta ainda chegou a esbolar uma reação, mas a superioridade dos jogadores do Inter impedia qualquer ataque paulista.

O Inter consolidou a vitória aos 18min. Após escanteio vindo da esquerda, Fabiano Eller escorou da segunda trave para o meio da área e viu Ceará completar de cabeça para o fundo das redes. A partir de então, o time colorado passou a administrar o jogo.

Aos 40min, Rafael Sobis e Thiago Matias se chocaram em uma disputa de bola pelo alto e ficaram caídos no gramado. O atacante voltou ao campo com a cabeça enfaixada. O zagueiro também retornou, mas caiu novamente e deixou o gramado de maca. Depois do susto, as duas equipes apenas esperaram o jogo acabar.

Ficha Técnica
Internacional 2 x 0 Ponte Preta
Equipes
Clemer
Ceará
Bolívar
Fabiano Eller
Ramon
Fabinho
Tinga
(Adriano)
Perdigão
Alex
(Wellington)
Fernandão
Rafael Sóbis
(Iarley)
Técnico:
Abel Braga

Jean
Preto
(Mossoró)
Thiago Matias
Rafael Santos
Nei
Carlinhos
Ricardo Conceição
Danilo
(Vélber)
Almir
(Vanderley)
Iran
Tuto
Técnico:
Marco Aurélio

Gols

27min - 1° tempo
Alex
18min - 2º tempo
Ceará

 
Cartões Amarelos
Fabiano Eller
Ramon
Alberto
Preto
Thiago Matias
Carlinhos
Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Árbitro: Willian Souza Nery (RJ)

 
Redação Terra