Boletim

 Fale conosco
Série A
Quarta, 12 de julho de 2006, 21h27  Atualizada às 23h24
Fluminense reage e vence o Juventude de virada
 
FOTOCOM.NET/Divulgação
Gabriel Santos comemora primeiro gol do Fluminense
Gabriel Santos comemora primeiro gol do Fluminense
 Últimas de Série A
» São Paulo contrata meia Hugo, diz jornal
» Internautas põem cinco são-paulinos na seleção do Brasileiro
» Artilheiro Souza afirma que quer sair do Goiás
» Internautas elegem Renato, do Fla, o melhor do Brasileiro
Busca
Busque outras notícias no Terra:
Com uma bela reação no segundo tempo, o Fluminense venceu o Juventude por 3 a 2 nesta quarta-feira, em Volta Redonda, na reabertura do Campeonato Brasileiro, e se manteve entre os quatro primeiros colocados da competição.

Veja fotos da 11ª rodada
Confira a classificação
Veja os artilheiros
Veja o site do Brasileiro 2006

O time de Oswaldo de Oliveira esteve por duas vezes atrás do placar. O primeiro tempo terminou 2 a 1 para os visitantes.

A partida caminhava para uma vitória do Juventude, já aos 30min do segundo tempo, mas o time recuou demais e pagou caro. Em apenas dois minutos o Flu reverteu a situação, com gols aos 31min e 33min.

Com o resultado, o Flu soma 22 pontos. O Juventude fica com 14, em uma posição intermediária.

Como se a vitória não fosse suficiente, o Fluminense ainda viu o experiente Petkovic voltar a apresentar um bom futebol o jovem Juliano finalmente marcar seu primeiro gol com a camisa tricolor.

A partida começou bastante movimentada. O Fluminense chegava mais vezes ao campo de ataque, mas seus atacantes, Lenny e Tuta, se enrolavam nas finalizações.

Em seu primeiro grande lance, aos 17min, o clube das Laranjeiras foi prejudicado pela arbitragem. Petkovic arrancou da intermediária e tocou para Juliano chutar para o gol. Mas a assistente, incorretamente, assinalou impedimento.

Lenny já havia perdido um gol feito por preciosismo aos 23min, quando o Juventude, que explorava os contra-ataques, abriu o placar da partida. Aos 27min, Christian recebeu sozinho na área do Fluminense, a defesa parou pedindo impedimento e o atacante desviou de cabeça por cima de Fernando Henrique.

A alegria do Juventude, porém, não durou muito. De volta à sua melhor forma, Petkovic, em cobrança de falta, levantou a bola na área e Gabriel Santos, de cabeça, subiu aos 35min para deixar tudo igual. Menos de um minuto depois, o inspirado camisa 10 do Flu soltou uma bomba de fora da área. O goleiro André deu rebote e Lenny perdeu sozinho a chance da virada.

Se Lenny desperdiçava as oportunidades, Christian era preciso. Após cobrança de falta aos 40min, Renan ajeitou para o meio da área e o atacante do Juventude tocou para marcar seu segundo gol na partida.

No segundo tempo, o Fluminense voltou pressionando. O garoto Juliano fez linda jogada logo aos três minutos, quando passou por dois marcadores. Mas o zagueiro Fábio impediu o gol tricolor em cima da linha.

Com menos de 15min da etapa final, o técnico Oswaldo de Oliveira trocou os atacantes Lenny e Tuta, que não estavam bem no jogo, por Evando e Cláudio Pitbull. E Evando, aos 25min, chegou a marcar, mas o árbitro acertadamente assinalou impedimento.

O Fluminense tinha completo domínio do jogo e, aos 27min, Marcelo começou boa jogada, tocou para Juliano, que viu Roger bem posicionado para empatar a partida.

Apenas dois minutos depois, Juliano foi presenteado com seu primeiro gol com a camisa tricolor. Pitbull fez bela jogada pela esquerda, o goleiro André falhou e Juliano apenas empurrou para o gol, virando a partida para a equipe carioca.

"Fico muito feliz pelo dia de hoje. Eu estava precisando de uma partida dessas para me firmar", comentou Juliano ao fim da partida.

Na próxima rodada, o Fluminense vai ao Sul enfrentar o Grêmio, no domingo, às 16h, enquanto o Juventude recebe o Internacional, às 18h10, no Alfredo Jaconi.

Ficha Técnica
Fluminense 3 x 2 Juventude
Equipes
Fernando Henrique
Rogério
Gabriel Santos
Roger
Marcelo
Marcão
Arouca
Juliano
(Radamés)
Petkovic
Lenny
(Evando)
Tuta
(Claudio Pitbull)

Técnico:
Oswaldo de Oliveira

André
Igor
Rafael
Fábio
(Ederson)
Raulen
Renan
Walker
Wellington
(Leandrinho)
Alexandre
(Lauro)
Zé Rodolpho
Christian

Técnico:
Ivo Wortmann

Gols

35min - 1º tempo
Gabriel Santos
31min - 2 º tempo
Roger
33min - 2 º tempo
Juliano

27min - 1º tempo
Christian
40min - 1º tempo
Christian
Cartões Amarelos
Roger
 
Local: Estádio Raulino de Oliveira, em V. Redonda (RJ)
Árbitro: Paulo César de Oliveira (Fifa-SP)
Público e renda: 3.723 pagantes e R$ 27.297,00

Com Lancepress
 

Redação Terra