Boletim

 Fale conosco
Série A
Quarta, 12 de julho de 2006, 22h25  Atualizada às 12h10
Com dois de Oliveira, São Paulo bate primeiro gaúcho
 
Wander Roberto / VIPCOMM /Divulgação
Atacante Ricardo Oliveira comemora gol da vitória sobre o Grêmio no Morumbi
Atacante Ricardo Oliveira comemora gol da vitória sobre o Grêmio no Morumbi
 Últimas de Série A
» São Paulo contrata meia Hugo, diz jornal
» Internautas põem cinco são-paulinos na seleção do Brasileiro
» Artilheiro Souza afirma que quer sair do Goiás
» Internautas elegem Renato, do Fla, o melhor do Brasileiro
Busca
Busque outras notícias no Terra:
De virada e com dois gols de Ricardo Oliveira, o São Paulo bateu o primeiro rival gaúcho nesta edição do Campeonato Brasileiro na noite desta quarta. Depois de cair diante do Inter e ficar no empate contra o Juventude, o time paulista recebeu o Grêmio e quebrou uma série de seis jogos de invencibilidade do adversário ao vencer por 2 a 1.

Veja fotos da 11ª rodada
Confira a classificação
Veja os artilheiros
Veja o site do Brasileiro 2006

Com este resultado, o São Paulo chega aos 23 pontos e assume o segundo lugar. Na próxima rodada, a equipe enfrenta o Figueirense. O Grêmio continua com os mesmos 15 pontos ganhos, na nona colocação. O time volta a campo diante do Fluminense.

Mesmo longe de Porto Alegre, o Grêmio mandou no início do confronto. O time gaúcho aproveitou a passividade do adversário para abrir o placar aos 6min. Em rápido-contra golpe, o atacante Ramon bateu cruzado e Alex marcou contra.

O gol sofrido logo no começo serviu para acordar o São Paulo. Mais atento, o time anfitrião não demorou para chegar ao empate. Aos 17min, o atacante Ricardo Oliveira usou a cabeça para encobrir o goleiro Galatto após cobrança de escanteio e deixar tudo igual.

O São Paulo teve sua missão facilitada aos 37min do primeiro tempo, quando o meio-campista Nunes parou Ricardo Oliveira com falta e recebeu o segundo cartão amarelo. Com um homem a menos em campo, o Grêmio não suportou e acabou levando a virada.

Em superioridade numérica, o técnico Muricy Ramalho resolveu trocar Alex por Leandro e armar a equipe no 4-4-2. A alteração surtiu efeito aos 10min do segundo tempo. Júnior levantou na área, Danilo ajeitou de cabeça e Ricardo Oliveira marcou o gol da vitória.

O Jogo

Apesar de manter a posse de bola durante a maior parte do tempo nos primeiros minutos, o São Paulo começou em desvantagem. Ramon fez boa jogada pela esquerda e cruzou. O zagueiro Alex se atrapalhou e tocou de letra contra a própria meta. Um belo gol contra, aos seis minutos.

Os donos da casa mantiveram a posse de bola depois do susto e chegaram ao empate aos 18min. Souza bateu escanteio pela direita e Ricardo Oliveira se antecipou à zaga para cabecear. A bola encobriu o goleiro Galatto e morreu no fundo das redes.

A equipe são-paulina teve outras chances de virar o jogo ainda na primeira etapa, principalmente depois dos 37min, quando o volante Nunes foi expulso após acertar o atacante Ricardo Oliveira por trás e deixou o Grêmio com 10.

Na segunda etapa, Muricy colocou Leandro no lugar de Alex e abandonou o esquema com três zagueiros para armar o 4-4-2. Com 10min da nova formação, o São Paulo chegou ao segundo gol. Júnior cruzou da esquerda, Danilo escorou de cabeça e Ricardo Oliveira finalizou de primeira.

Satisfeito com a vitória apertada, o time paulista recuou e permitiu que a equipe de Mano Menezes pressionasse.

A expulsão do são-paulino Alex Silva igualou o número de jogadores para cada lado, mas o resultado permaneceu inalterado.

Ficha Técnica
São Paulo 2 x 1 Grêmio
Equipes
Rogério Ceni
Souza
Alex Silva
Lugano
Alex
(Leandro)
Júnior
(Lúcio)
Josué
Mineiro
Danilo
Thiago
(Ramalho)
Ricardo Oliveira

Técnico:
Muricy Ramalho

Galatto
Patrício
Maidana
William
Wellington
(Valdeir)
Nunes
Sandro
Tcheco
Rafinha
(Jeovânio)
Ramon
(Rômulo
Herrera

Técnico:

Mano Menezes

Gols

17min - 1° tempo
Ricardo Oliveira
10min - 2º tempo
Ricardo Oliveira

6min - 1º tempo
Alex (contra)
Cartões Amarelos
Lugano
Leandro
Maidana
Cartões Vermelhos
Alex Silva Nunes
Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Árbitro: Álvaro Azevedo Quelhas (RJ)

 
Redação Terra