Boletim

 Fale conosco
Série A
Domingo, 16 de julho de 2006, 20h09 
Vasco bate Fla em aquecimento para Copa do Brasil
 
Vipcomm/Divulgação
Faioli participou do gol da vitória do Vasco sobre o Flamengo
Faioli participou do gol da vitória do Vasco sobre o Flamengo
 Últimas de Série A
» São Paulo contrata meia Hugo, diz jornal
» Internautas põem cinco são-paulinos na seleção do Brasileiro
» Artilheiro Souza afirma que quer sair do Goiás
» Internautas elegem Renato, do Fla, o melhor do Brasileiro
Busca
Busque outras notícias no Terra:
Vasco e Flamengo fizeram uma prévia da final da Copa do Brasil neste domingo, no Maracanã. Com o predomínio dos reservas nas escalações das equipes, quem levou a melhor foram os alvinegros: 1 a 0, gol de Paulão.

Veja matéria em vídeo
Atacante Luizão perde gol feito contra o Vasco
Confira fotos
Veja a classificação
Confira os artilheiros
Veja o site do Brasileiro 2006
Opine: comente a 12ª rodada do Brasileiro

Com o resultado, o time comandado por Renato Gaúcho chegou aos 16 pontos e ganhou distância em relação à zona de rebaixamento. Os rubro-negros, por sua vez, estacionaram nos 14 e caíram para a parte de baixo da tabela.

O único gol da partida foi marcado aos 30min do segundo tempo. Após cobrança de escanteio da direita, Faioli subiu no segundo pau e cabeceou. O desvio de Paulão tirou do goleiro Diego e definiu o placar final da partida.

As duas equipes voltam a medir forças na quarta-feira, no primeiro jogo da final da Copa do Brasil. Pelo Campeonato Brasileiro, entram em campo no domingo, às 16h (de Brasília). Enquanto o Flamengo visita o Santa Cruz, no Arruda, o Vasco recebe o Atlético-PR, em São Januário.

O jogo

Adversários de maior rivalidade do futebol carioca, Flamengo e Vasco decidiram apostar todas as suas fichas no título da Copa do Brasil. Renato Gaúcho, preocupado, tentou adotar o mistério como tática e escalou a equipe reserva do Vasco - o goleiro Cássio foi o único titular. Não menos preocupado, Ney Franco preferiu manter a base da equipe titular após a derrota para o Paraná.

No entanto, Ney Franco surpreendeu ao escalar o jovem atacante Fabiano Oliveira no lugar de Ramírez. Renato também foi poupado, sendo substituído por Léo Medeiros. Apesar das mudanças, o Flamengo, com sete titulares, não demorou a tomar o controle da partida. O Vasco até esboçou uma reação no início do clássico, mas sucumbiu em poucos minutos.

Diferentemente, o Fla cresceu a cada ataque, mas pecou nas finalizações. No primeiro tempo, quatro oportunidades foram criadas. Na mais bonita, Toró lançou Leonardo Moura, que livrou-se da marcação de Ygor com um chapéu, chutou mal e desperdiçou o ataque.

No entanto, foi Luizão quem perdeu a chance mais concreta no fim do primeiro tempo. Numa jogada parecida com a da partida entre França e Brasil, que custou a nossa eliminação na Copa da Alemanha, Léo Medeiros, no papel de Zidane, cruzou bem. A bola desviou na cabeça de Ronaldo Angelim, mas Luizão não teve a mesma competência de Henry.

O Vasco se limitou a responder o Flamengo nos contra-ataques, que também prometem ser a principal arma do Vasco na decisão da Copa do Brasil. Mas sem a qualidade de Ramon, Morais e Edílson as tentativas não foram bem executadas. Com uma forte marcação, o Vasco conseguiu suportar a pressão do Flamengo e o primeiro tempo terminou 0 a 0.

Toró, machucado, deu lugar a Marcelinho no segundo tempo. Com mudança, Leonardo Moura foi deslocado para o meio-de-campo. No Vasco, Hugo, 17 anos, foi substituído pelo também jovem Madson. As duas equipes não melhoram com as alterações.

O segundo tempo seguiu sem emoção. Porém, num desses raros momentos, Luizão perdeu outro gol que não está acostumado. Preocupado com a integridade física de sua equipe, Ney Franco tirou Luizão e Renato Augusto para as entradas de Obina e Walter Minhoca.

A falta de atitude dos titulares do Fla animou os reservas do Vasco, que conseguiu marcar depois de uma falha da defesa rubro-negra. Renato Augusto não subiu com Paulão, que marcou de cabeça. Faioli ainda atrapalhou o goleiro Diego. No desespero do Fla, o Vasco ainda criou boas jogadas e esteve perto de aumentar a vantagem.

Ficha Técnica
Flamengo 0 x 1 Vasco
Equipes
Diego
Leonardo Moura
Renato Silva
Ronaldo Angelim
André
Paulinho
Toró
(Marcelinho)
Renato Augusto
(Walter Minhoca)
Léo Medeiros
Luizão
(Obina)
Fabiano Oliveira

Técnico:
Ney Franco

Cássio
Claudemir
Éder
Paulão
Hugo
(Madson)
Ygor
Roberto Lopes
Alberoni
(Amaral)
Abedi
Ernane
Faioli
(Ricardinho)

Técnico:
Renato Gaúcho

Gol
  30min - 2º tempo
Paulão
Cartões Amarelos
Renato Silva
Léo Medeiros
Éder
Local: Estádio Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Wilson Luiz Seneme (SP)
Público e renda: 7.774 pagantes e R$ 95.089,00

 
Redação Terra