Boletim

 Fale conosco
Série A
Sábado, 5 de agosto de 2006, 20h05  Atualizada às 20h50
Obina marca, e Fla vence Goiás no retorno de Sávio
 
Agência Lance
Sávio, que fez boa partida, lamenta chance perdida
Sávio, que fez boa partida, lamenta chance perdida
 Últimas de Série A
» São Paulo contrata meia Hugo, diz jornal
» Internautas põem cinco são-paulinos na seleção do Brasileiro
» Artilheiro Souza afirma que quer sair do Goiás
» Internautas elegem Renato, do Fla, o melhor do Brasileiro
Busca
Busque outras notícias no Terra:
Na reestréia de Sávio com a camisa do Flamengo, Obina foi o herói da vitória por 1 a 0 contra o Goiás, no Maracanã, na noite deste sábado, que tirou o time da zona de rebaixamento.

Veja fotos da rodada
Confira a classificação
Veja os artilheiros
Veja o site do Brasileiro 2006

O gol do atacante aconteceu aos 44min do segundo tempo. Se o empate persistisse, a equipe permaneceria entre os quatro últimos do Campeonato Brasileiro.

Com a vitória, o time rubro-negro mantém o tabu de não perder para o adversário esmeraldino no Rio de Janeiro há dez anos.

Com o resultado, o Flamengo foi a 17 pontos e chegou a 14ª colocação. O Goiás é o 11º, com 19.

O jogo começou em ritmo alucinante para o Flamengo e, principalmente, para Sávio. Logo no primeiro minuto, ele sofreu uma falta na entrada da área, desperdiçada na cobrança de Renato. Em seguida, o meia recebeu de Jônatas e chutou sem direção.

O time carioca tinha total domínio da partida, mas o reestreante Sávio sofria forte marcação, tendo todas suas jogadas paradas com falta. Mesmo assim, o atacante insistia, cobrava escanteios e faltas e até pediu pênalti aos 12min. O árbitro acertadamente mandou a jogada seguir.

Aos 22min, o camisa 10 do Fla alçou a bola na área para Luizão, que chutou rente à trave de Harlei pela linha de fundo.

Na melhor chance da etapa inicial, Luizão cabeceou, livre, em cima do goleiro. Foi o suficiente para a torcida começar a entoar o nome de Obina nas arquibancadas.

"Toda vez que o Sávio toca na bola é falta nele. O juiz tem que prestar mais atenção nisso", pediu o lateral-esquerdo Juan na saída para o intervalo.

O primeiro lance do segundo tempo foi também o primeiro do Goiás em todo o jogo. Souza desperdiçou grande chance de abrir o placar ao chutar nos pés do goleiro Diego, que teve seus méritos na defesa.

Atendendo o pedido da torcida, o técnico Ney Franco colocou Obina no lugar do volante Léo. Assim, o Flamengo passou a jogar com três homens na frente. Mas foi o Goiás que quase marcou aos 25min, quando Jonhson, que acabara de entrar, exigiu boa defesa do goleiro Diego. Um minuto depois, foi a vez de Harlei fazer grande defesa em chute de Obina.

O Goiás cresceu no segundo tempo, enquanto Sávio caiu de produção. O time de Antônio Lopes quase chegou ao gol mais uma vez aos 37min. Vitor aproveitou falha da defesa do Flamengo, ficou cara a cara com Diego e chutou por cima do gol.

Aos 42min, Renato chutou para o gol com impedimento já assinalado pelo árbitro Clever Assunção Gonçalves. O jogo parecia que ia terminar empatado, mas aos 44min brilhou a estrela de Obina. Após cruzamento na área, o atacante cabeceou, a bola sobrou para Luizão chutar. O goleiro rebateu e Obina fez o gol da vitória do Flamengo.

Na próxima rodada, o Flamengo joga de novo no Maracanã, mas desta vez, contra a Ponte Preta, às 18h10 de sábado. Já o Goiás, vai ao Morumbi enfrentar o São Paulo, no domingo, às 18h10.

Ficha Técnica
Flamengo 1 x 0 Goiás
Equipes
Diego
Leonardo Moura
Rodrigo Arroz
Ronaldo Angelim
Juan
Léo
(Obina)
Jônatas
Renato
Renato Augusto
Sávio
(Walter Minhoca)
Luizão
(Marlon)

Técnico:
Ney Franco

Harlei
Fabiano
Júlio Santos
Rafael Dias
Vítor
Danilo Portugal
Cléber Gaúcho
(Fábio Bahia)
Romerito
Luciano Almeida
(Hugo Leonardo)
Souza
(Johnson)
Welliton

Técnico:
Antônio Lopes

Gols

44min - 2 º tempo
Obina

 
Cartões Amarelos
Luizão Fabiano
Rafael Dias
Danilo Portugal
Romerito
Souza
Local: Estádio Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Clever Assunção Gonçalves (MG)
Público e renda: 41.467 pagantes e R$ 364.610,00

Com Lancepress
 

Redação Terra